Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

sexta-feira, 17 de março de 2017

Ambulância de Búzios com paciente tem pneu rasgado quando ia para o Rio

A notícia foi publicada pelo site fiquebeminformado.com.br. O fato ocorreu na madrugada de ontem (16) quando a ambulância com uma paciente se dirigia de Búzios para o Rio de Janeiro  para fazer "um exame delicado".   

Foto 1, site fiquebeminformado

Segundo o site, a jovem precisava fazer uma operação, mas como houve demora na realização dos exames, sua saúde se complicou exigindo um procedimento mais complexo que só pode ser feito no Rio. "Ela chegou a se internar no início de fevereiro, mas só agora iria realizá lo. O procedimento foi autorizado depois de muita pressão por parte dos vereadores e da  imprensa. Finalmente chegou o dia e nesta madrugada a ambulância foi em direção a clínica. Na autopista Fluminense, altura de São Gonçalo, o pneu dianteiro direito, por causa de seu estado, se rasgou com o veículo em movimento. Isso mesmo se rasgou. O motorista conseguiu controlar o veículo, com a paciente e a equipe médica".

"Até aí você diria "Foi um pneu, basta trocar pelo estepe"...Mas ao pegar o pneu reserva foi constatado que este estava em situação pior. A ambulância, com a paciente, ficou parada na estrada e precisou do serviço de atendimento da rodovia . A equipe do socorro da autopista, ao verificar a situação do estepe aconselhou a equipe da secretaria de saúde de Búzios a não prosseguir com a viagem, pois se algo acontecer não teriam pneus para substituir".

Foto 2, site fiquebeminformado
"Um absurdo isso. Uma cidade que recebe milhões de repasse para a saúde, com contratos questionáveis, deixar uma ambulância desse jeito. E se fosse um paciente em estado grave, precisando de uma UTI ? Olha o estado destes pneus que levam vidas". Declarou por telefone a paciente.


Janayna Teixeira, a paciente que estava na ambulância, relatou o ocorrido ao Jornal Folha de Búzios:
Saímos por volta das 5:50 desta manhã do Hospital Municipal Dr Rodolpho Perissé, com a equipe médica, pois farei um exame bastante complexo no Hospital Federal de Ipanema. Quando chegou na altura de Manilha ouvimos barulhos vindo do pneu, foi então que o motorista parou antes do pedágio, no apoio da Autopista Fluminense e, foi constatado o rasgo no pneu dianteiro. Para piorar a situação o step totalmente careca, sem condições alguma de seguir viagem, inclusive o mecânico da autopista aconselhou a voltarmos.
Porém como voltamos?! Estamos seguindo para o Rio com todo o cuidado do motorista, pois se acontecer qualquer fatalidade a culpa não vai ser dele não, que fique bem claro!!! A culpa é de uma Administração Pública que não tem capacidade para fazer a manutenção de seus veículos!!!!! Ainda tem mais, estou em dieta zero desde ontem as 22:00hs, ou seja nem água posso beber nesse calor insuportável! Ar condicionado não tem em nunhuma ambulância!!!
Os pacientes deste município estão simplesmente abandonados, não são prioridades para o governo. Agora eu pergunto se eu perder o exame?! É o de menos!!!! O pior é sofrermos um acidente, o medo e a sensação de insegurança nos toma nesse momento na estrada.”
Por Janayna Teixeira