Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

domingo, 2 de março de 2014

Resposta ao funcionário público concursado de Cabo Frio senhor Cyro Maldonado

Foto blogsepelagos

O funcionário público concursado de Cabo Frio, Senhor Cyro Maldonado, fez no Facebook o comentário abaixo ao meu post em solidariedade à manifestação dos servidores públicos de Cabo Frio.

Ver: http://www.ipbuzios.blogspot.com.br/2014/03/nota-de-repudio-abaixo-o-coronelismo-do.html#axzz2uB4FTfdB

Vejam matéria no blog do Sepe Lagos:

DIRETORAS DO SEPELAGOS SOFREM AGRESSÃO VERBAL E FÍSICA


As diretoras do SepeLagos foram até a Praça das Águas, na Praia do Forte, em Cabo Frio, conforme divulgado anteriormente. Durante o ato, o chefe do Executivo parou o carro e agrediu verbalmente a coordenadora geral do sindicato, Denise Teixeira. Além disso, o mesmo ameaçou o motorista do carro de som – alugado pelo SepeLagos – que acabou saindo do local.
Mesmo com todas as agressões, as diretoras permaneceram em frente à Praça das Águas, acompanhadas de alguns adolescentes e até crianças que participavam da manifestação pacífica. Mas, os agentes da Fiscalização e Postura do município – atendendo as ordens do prefeito – tentaram tirar os manifestantes e arrancar as faixas à força.
Um homem – que não se identificou – puxou as faixas e, na hora que um adolescente tentava impedi-lo, colocou a mão na arma que estava em sua cintura, escondida apenas pela camisa que usava.
A polícia foi acionada pelo sindicato e, quando chegou, conseguiu acalmar os ânimos.

Os manifestantes permaneceram no local até o início da noite, exercendo um direito Constitucional: a liberdade de expressão. Pois, em todas as suas formas, a liberdade de expressão é um direito fundamental e intransferível, inerente a todas as pessoas; um requisito para a existência de uma sociedade democrática. 

Comentário do Cyro:

"Se fosse uma manifestação dos servidores poderia até emitir alguma opinião, mas não conheço qualquer servidor, concursado como eu, que tenha recebido convite para participar desta manifestação. Quem sabe seja convidado para os blocos que o Sepe fará em São Pedro da Aldeia ou Búzios.

Meu comentário:

Cyro, pra defender Coronel você precisa ter argumentos mais estrelados, tipo cinco estrelas. Não te conheço. Tua “foto” não me permite conhecê-lo. Não acredito que sejas um fake. Fiquei sabendo que tu ocupas o cargo de auxiliar administrativo concursado. Não sei se tens algum cargo comissionado como acontece em Búzios. O cara faz concurso pra um cargo mais fácil (tipo o teu) por não ter formação pra disputar, em concurso, um cargo melhor mas, depois por ser cabo eleitoral do Prefeito, ganha um "cargão". Você nem imagina o pulo que o cara dá. Pula de 700 reais pra 5.000,00 reais. Depois disso, depois da "vidona" que o Prefeito lhe propiciou, ele defende até que o Prefeito desça da casa dele e "agrida verbalmente" uma profissional da educação (a Denise Teixeira), "ameace o motorista do carro de som" e admite que "alguém não identificado" ameace puxar a arma pra um jovem filho de uma servidora (a Narcisa). Esse cabo eleitoral concursado muito bem recompensado nem precisa comparecer à Assembleia nenhuma, principalmente aquela que decide por fazer a manifestação. Não vai, e torce pra não aparecer ninguém, pra depois dizer que é coisa de meia dúzia. Afinal, ele não precisa lutar por nada! Pra garantir o seu, basta defender as "ignorâncias" do seu Coronel. E que o direito de livre manifestação e expressão vá pra puta que pariu! Me desculpe senhor Cyro, mas na defesa das liberdades democráticas sou radical. Mesmo que fosse um protesto solitário de um único servidor, o teu patrão Alair Corrêa não poderia ter feito o que fez. O resto é puxa-saquismo babaca! 

Réplica do Cyro maldonado:


Bem Luiz, em primeiro lugar meu patrão é o contribuinte que paga o meu salário. Como não me conhece acredito que tudo que tenha escrito seja no campo da hipótese de casos que conhece em Búzios ou por experiência própria. Estava na manifestação? Acredito que sim, já que falou com tanta riqueza de detalhes do ocorrido. Acho defesa de direitos louvável, mas meia dúzia de gatos pingados usarem o nome de servidores para politicagem não aceito. Ninguém sério foi convocado para este ato político, até porque este sindicato aqui não age de forma séria. Se os meus argumentos não são cinco estrelas, os seus não são diferentes dos encontrados nos botecos de Búzios. Diferente de você "professor", não vou falar nenhum palavrão. Entendo pessoas como você, como os argumentos são baseados em ouvir dizer, tem que dar enfase com tom de indignação, palavreado baixo e arrogante. Conheci em Búzios muitos personagens deste tipo, falam pelos cotovelos, mas não existe qualquer consistência em seu discurso. Também não sei se é o seu caso, mas conheço alguns tipos em Búzios, Cabo Frio e outras cidades que buscam um cargo comissionado fazendo justamente o contrário do exemplo que citou. Atacam, criticam e fazem barulho o tempo inteiro até que o governante se sintam incomodados e o chamem para alguma conversa.

Meu comentário à réplica do senhor Cyro Maldonado:

Caro senhor Cyro maldonado, os seus argumentos são pueris. Bem se vê que o senhor não é muito chegado a uma vida sindical. Claro, não precisa! Veja bem como os seus argumentos são fracos, mas muito fraquinhos mesmo. O senhor não deve ser o único concursado que apoia o coronel Alair. Certo? Afinal de contas, ele não deve ser tão ruim assim pra concursado que não tenha mais de meia dúzia de concursados como o senhor o apoiando. Como é que o Coronel, que como todo bom Coronel, adora dominar Sindicato- sabe aquela coisa de pelegada, cabrestada- não consegue apoio suficiente pra derrotar "meia dúzia de gatos pingados" que usam o sindicato pra "politicagem". O coronel deve ser muito ruim mesmo! Aí com gente "séria" como o senhor, o Sindicato passaria a "agir de forma séria" e o Coronel ficaria satisfeitíssimo. Sem ninguém pra perturbar a montagem do seu curral eleitoral. Aí Alair  nunca mais ia perder uma eleição na vida! Seu imenso curra eleitoral se ampliaria até os pelegos do sindicato. Que tal? Como são apenas meia dúzia a serem derrotados, o senhor, gente séria, sem politicagem, só precisa conseguir o apoio de mais seis... e pronto, Alair teria o sindicato nas mãos! É o sonho de consumo do Coronel! Porque você não faz isso pro seu chefe. Ele ficaria eternamente grato.

Faço política em Búzios há treze anos. Não participei de governo nenhum porque só participo de governo no qual acredite, tenha afinidade ideológica. Você há de convir que teria que ser muito burro pra ficar esse tempo todo atacando vários governos pra conseguir um cargo comissionado. Oportunidade tive no governo Toninho, apoiado pelo seu patrão, mas recusei porque temia ser preso. Também tem outro motivo: ganho o suficiente como aposentado concursado do estado. Grande abraço.

Tréplica do senhor Cyro Maldonado:

Meu caro Luiz, prefiro não falar do Alair porque mal o conheco. Conheco o Senhor tanto como o conheco o prefeito, só de vista. Meus argumentos realmente podem ser fraquinhos, na verdade não tenho a pretensão de convencê-lo de nada. Trata-se apenas de minha opinião sobre um grupo de pessoas que tentaram de forma desonesta passar a perna na minha categoria. Mas sao assuntos que dizem respeito apenas aos servidores de cabo frio. Se acredita realmente que o que faz e politica, perdeu treze anos da sua vida. O prefeito não e meu chefe, ele esta como meu chefe, já alguns sindicalistas de cabo frio tem um chefe perpétuo. Não sei de você, mas não preciso bajular ou atacar ninguém por questões económicas. Estou parando por aqui, acho que deve ter assuntos e comentários mais importantes para publicar no blog mais lido da região. rsrs