Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

domingo, 9 de novembro de 2014

Búzios na história: anos 1940 (1)

Búzios 19 anos

Anos 40: Misterioso caso de guerra envolve até a polícia política de Vargas.

-Barco de guerra inglês intercepta barco alemão "WAKAMA" próximo ao Cabo de São Tomé. Logo após a interceptação a própria tripulação do "Wakama" incendeia o barco e o põe a pique. Três baleeiras do barco foram abandonadas em alto mar.

- Em uma das baleeiras foram encontrados documentos pertencentes a Joseph Argos, alemão de 42 anos, residente em Santa Catarina, casado com uma brasileira. Segundo seu sobrinho, Eduardo Argos, ele veio para o Rio de Janeiro onde embarcou no "Wakama" com destino à Alemanha.

- A tripulação do iate "Leão" quando iam de Macaé para Cabo Frio para carregar o barco de sal, próximo a Búzios, avistou uma das baleeiras abandonadas do "Wakama". Quando estavam a rebocando "uma onda mais forte invadiu a baleeira, perdendo-se tudo o que havia em seu interior". Não se sabe o que a baleeira estava transportando, mas o Wakama carregava uma "pequena fortuna": Café, Pasta de Linhaça e Banha em larga escala. 

-O negociante Jacomo Tardelli comunica à Capitania dos Portos que tem em mãos uma carta de seu irmão Domingos Tardelli Filho na qual três pescadores buzianos (Manoel Gonçalves, Domingos Gonçalves e Colotário Araújo) afirmam que viram um navio flutuando na altura da Ilha do Âncora, a uma hora de distância de Búzios. Funcionários da Capitania dos Portos acompanhados de agentes da da Ordem Política e Social seguiram para o local. 


Jornal A Noite, 16/02/1940
Jornal A Noite 17/02/1940