Logo do blog

Logo do blog

publicidade5

publicidade5

quarta-feira, 14 de junho de 2017

As tão mal faladas contas de 2015 de André são aprovadas pela Câmara de Búzios; voto do vereador Dom foi decisivo

Plenário da Câmara de Vereadores, sessão de 13 de junho de 2017


Na sessão ordinária da Câmara de ontem (13), os vereadores votaram o parecer da Comissão de Finanças e Orçamento (CFO), elaborado com base na análise da prestação de contas da administração financeira de 2015 do município de Búzios, sob responsabilidade do prefeito André Granado. A CFO decidiu por dois votos (Valmir e Dida) a um (Niltinho) pela reprovação das contas. Submetido à apreciação do colegiado, apesar do parecer ter sido aprovado por cinco votos (Dida, Gladys, Josué, Cacalho e Valmir) a quatro (Niltinho, Joice, Miguel e Dom), a votação não foi suficiente para reprovar as contas, porque eram necessários seis votos para derrubar o parecer prévio favorável do TCE-RJ. 

O voto do vereador Dom foi decisivo para que o prefeito André não tivesse suas contas de 2015 reprovadas. Dom votou pela aprovação das contas, enquanto os vereadores do G-5 votaram pela reprovação. Na noite de ontem, na Câmara, o G-6 virou G-5. 

O resultado prático da reprovação das contas de gestão de prefeito, por parte da Câmara de Vereadores, é torná-lo inelegível por 8 anos. É o que estabelece a Lei da Ficha Limpa. Mas, se o prefeito realmente for "impichado" daqui a noventa dias, da mesma forma, perderá os direitos políticos por oito anos, que ontem os vereadores resolveram preservar. Para o quê? Para lhe dar uma sobrevida política? 

Soube que Dr. André, tão indiferente aos problemas da cidade, esteve ontem visitando gabinetes de vereadores na Câmara. Nunca se viu o doutor tão humilde e simpático. Personagem tão sisudo, distribuía sorrisos a rodo. Parece que sua incursão, em novos moldes, deu resultado. 

Muitas suspeitas recaíram sobre o resultado da análise destas contas por parte dos conselheiros do TCE-RJ. O Relator Domingos Brazão e mais cinco conselheiros foram presos preventivamente, após um deles- Jonas Lopes- ter delatado a existência de um grande esquema de corrupção envolvendo outros conselheiros. Especificamente em relação às prefeituras, o esquema consistia em pagamento de propinas para que as contas de gestão das Prefeituras recebessem parecer prévio favorável do Tribunal. 

Sobre as contas de 2015 do prefeito André muito se falou (ver post "ipbuzios" ): Os Conselheiros do TCE-RJ, apesar da indicação do Corpo Técnico do Tribunal para que as contas de gestão de 2015 do Prefeito de Búzios André Granado recebessem parecer prévio contrário, decidiram emitir parecer prévio favorável à sua aprovação final pela Câmara de Vereadores. 

Eu mesmo publiquei recentemente que um vereador de São Pedro da Aldeia garantia que os pareceres do Corpo Técnico das contas de 2015 de Búzios e São Pedro da Aldeia haviam sido alterados pelos Conselheiros. Até mesmo uma carta os técnicos do TCE-RJ teriam enviado para o jornalista Boechat, onde afirmavam que alguns de seus pareceres eram alterados para beneficiar Prefeitos, sugerindo possíveis fraudes dos Conselheiros do TCE-RJ. A prisão de seis Conselheiros reforçam as suspeitas.

Nestas condições não se compreende de forma alguma que um vereador vote pela aprovação das contas. A não ser que tenha muitos outros interesses em jogo na questão. Como dizia um velho jornalista buziano; vai ter interesse assim lá no costão rochoso da Ferradura! 

Comentários no Google+:

Joel Silva

4 horas atrás  -  Compartilhada publicamente

 
Vergonha por essa aprovação, ou melhor Vergonha pela Emancipação dessa cidade.
Comentários no Facebook:
Julio Medeiros Bateram palmas cedo demais para o "G6"

CurtirMostrar mais reações
Responder
1
7 h
Steveson Carvalho Coisa de BrUzIL , como já venho dizendo a alguns anos Buzios é um mini braZil uma perfeita amostragem para um estudo científico

Curtir
Responder
2
4 h
Ginho Búzios fica tranquilo que o tempo falará toda a verdade . vereador Dom tá firme a favor do povo buziano pode acreditar
Claudio A. Agualusa Vergonhosa essa aprovação!