Logo do blog

Logo do blog

publicidade5

publicidade5

quarta-feira, 17 de maio de 2017

IMPEACHMENT: Câmara de Vereadores de Mesquita pode cassar Prefeito



O prefeito Jorge Miranda (PSDB) Foto: Guilherme Pinto / Agência O Globo

Com apenas cinco meses de mandato, o prefeito de Mesquita, Jorge Miranda, pode ser cassado pela Câmara de Vereadores. No dia 9 último, os vereadores de Mesquita aprovaram a criação de uma Comissão Processante para investigar o prefeito Jorge Miranda (PSDB). O alcaide pegou, em fevereiro, R$ 14 milhões emprestados com o instituto de previdência do município, o MesquitaPrev, com a justificativa de pagar os salários deixados em atraso pelo prefeito anterior.  A operação financeira, entretanto, foi feita sem autorização dos vereadores. Para mexer nas contas da previdência e abrir o crédito especial, ele deveria ter pedido a autorização da Câmara.
Denúncia
A comissão só foi criada depois que um cidadão fez uma denúncia formal. Com 10 dos 12 votos da Casa favoráveis ao recebimento, o sorteado para presidir a investigação foi Professor Max (PPS). 
Agora, os edis têm 90 dias para apurar o caso, ouvir a defesa do prefeito e apresentar o relatório final.
Impeachment
Se os ventos não soprarem a favor do tucano, ele pode ter um vôo curto e perder o cargo.
Aline Macedo

Fonte: "extra"

— "Ele não seguiu o procedimento correto para realizar o empréstimo.Talvez ciente disso, no dia 30 de março, um mês depois de ter feito o empréstimo, mandou uma mensagem para os vereadores para votar o ato. Rejeitamos essa matéria. Os vereadores não estão contrários ao pagamento dos servidores. O erro é que não teve autorização dos vereadores" — declarou Marcelo Biriba, presidente da Câmara.
O PROCESSO
A Comissão Processante vai elaborar um relatório final que deverá atentar pela procedência ou improcedência da acusação. Para ser afastado do cargo, na sessão de julgamento, dois terços dos vereadores precisam votar contra o prefeito.
Fonte: /"extra"