Logo do blog

Logo do blog

publicidade5

publicidade5

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Como votaram os deputados no projeto de lei que aumentou a contribuição previdenciária dos servidores estaduais

Ontem (24) a Alerj aprovou aumento da contribuição previdenciária dos servidores públicos estaduais. A proposta foi aprovada por 39 votos a 26 e entra em vigor em 90 dias 

"Enquanto os deputados decidiam no plenário, no lado de fora, houve confusão e quebra-quebra. Manifestantes e policiais militares entraram em confronto e lojas foram depredadas. Como em outras oportunidades, policiais atiraram bombas nos manifestantes.
Considerada vital pelo governo, a votação teve a presença de deputados afastados por problemas médicos, como Wagner Montes (PSD) e Jorge Picciani (PMDB), que mesmo tratando de um câncer, presidiu a sessão. Antes, ele já participara de uma reunião do colégio de líderes sobre o assunto. 
A medida entrará em vigor em 90 dias. Uma emenda da bancada do PDT determinou que o aumento no desconto só terá efeito quando os salários dos servidores forem colocados em dia. Uma proposta de 'parcelamento do aumento' foi registrada antes mesmo da votação".

Vejam com votaram os deputados:

QUEM VOTOU SIM: (39)


Ana Paula Rechuan (PMDB)

André Ceciliano (PT)

André Corrêa (DEM)

Aramis Brito (PHS)

Átila Nunes (PMDB)

Carlos Macedo (PRB)

Chiquinho da Mangueira (PTN)

Cidinha Campos (PDT)

Coronel Jairo (PMDB)

Danielle Guerreiro (PMDB)

Dica (PTN)

Dionísio Lins (PP)

DR. Deodalto (DEM)

Dr. Gotardo (PSL)

Benedito Alves (PRB)

Paulo Melo (PMDB)

Marcos Abrahão

Edson Albertassi (PMDB)

Fábio Silva (PMDB)

Fatinha (SDD)

Figueiredo (PROD)

Geraldo Moreira (PTN)

Geraldo Pudim (PMDB)

Gil Viana (PSB) 

Gustavo Tutuca (PMDB)

Iranildo Campos (PSD)

Jorge Picciani (PMDB)

Luiz Martins (PDT)

Marcos Vinicius (PTB)

Milton Rangel (DEM)

Nivaldo Mulim (PR)

Osório (PSDB)

Rafael Picciani (PMDB)

Renato Cozzolino (PR)

Rosenverg Reis (PMDB)

Zé Luiz Anchite (PP)

Tia Ju (PRB)

Zito (PP)

João Peixoto (PSDC)




QUEM VOTOU CONTRA: (26)

Martha Rocha (PDT)

Carlos Minc (sem partido)

Bebeto (PDT)

Bruno Dauaire (PR)

Comte Bittencourt (PPS)

Dr. Julianelli (REDE)

Eliomar Coelho (PSOL)

Enfermeira Rejane (PC do B)

Flávio Bolsonaro (PSC)

Flavio Serafini (PSOL)

Gilberto Palmares (PT)

Jânio Mendes (PDT)

Jorge Felippe Neto (DEM)

Lucinha (PSDB)

Luiz Paulo (PSDB)

Marcelo Freixo (PSOL)

Márcio Pacheco (PSC)

Paulo Ramos (PSOL)

Samuel Malafaia (DEM)

Silas Bento (PSDB)

Tio Carlos (SDD)

Wagner Montes (PRB)

Waldeck Carneiro (PT)

Wanderson Nogueira (PSOL)

Zaqueu Teixeira (PDT)

Zeidan (PT)




Quem não votou: (5)

Marcelo Simão (PMDB) - Faltou

Marcia Jeovani (DEM) - Faltou

Marcos Muller (PHS) - Faltou

Filipe Soares (DEM) - Faltou


Pedro Augusto (PMDB) Licenciado:

O Sindicato dos Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro divulgou, antes da votação, uma lista com os  votos prováveis dos deputados. Apesar de acertar no placar da votação 39 a 26, erra o voto de alguns. É o caso do deputado Jânio Mendes, listado como voto favorável ao projeto, mas que votou contra. A deputada Márcia Jeovani, também relacionada como voto sim, na verdade não compareceu à sessão de hoje.