Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Todo apoio ao movimento da PM

Vamos ficar de olho na movimentação dos policiais militares no Rio de Janeiro e Região dos Lagos. Se não houver negociação, como no Espirito Santo, a situação aqui no Rio de Janeiro pode ficar muito pior do que lá. Nesses casos, recomenda-se que as pessoas não saiam de casa, porque a bandidagem irá ocupar as ruas pra praticar todo tipo de crime. Esperamos que as autoridades estaduais, federais e municipais tenham bom senso e sentem pra negociar com os líderes da categoria.

Reivindicações dos policiais:
1) regularização dos pagamentos
2) criação de um calendário de pagamento de ativos, inativos e pensionistas até o 5º dia útil de cada mês
3) pagamento do 13º salário de 2016
4) pagamento do auxílio invalidez
5) pagamento do Regime Adicional de Serviço (RAS) olímpico e paralímpico
6) cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre Governo e MP
7) escala de serviço 24 x 72 e 12 x 48
8) adicional de insalubridade, periculosidade e noturno
9) unificação salarial à Polícia Militar do Distrito Federal
10) pagamento de horas extras
11) acautelamento de arma e colete balístico
12) plano de saúde
13) votação para comando geral pela tropa
14) carreira unificada
15) investimento no Centro de Fisiatria e Reabilitação da PM
16) fim do rancho
17) pagamento de indenizações de R$ 100 mil aos familiares de policiais ativos e inativos por mortes em razão da profissão

Vejam abaixo as notícias mais recentes a respeito do movimento grevista dos policiais: 

Parentes impedem saída em batalhão de Cabo Frio e PMs trocam de turno na rua; policiamento é normal 

Grupo bloqueia passagem no início da tarde desta sexta (10) no Caiçara. Troca de turno é feita na rua, de acordo com o comando do 25º BPM. Leia mais em "g1"

Ver vídeo: http://glo.bo/2kAyuuJ

Ver vídeo: https://youtu.be/S5f7p-bvBsc

Ver vídeo: "Renatacristianereporter"

Ato pede melhores condições de trabalho
(Foto: Narayanna Borges/Inter TV)

Prefeitura de Macaé se reúne com PM e tenta garantir pagamento do 13°

Município quer aval do Estado para pagar e ser ressarcido depois. Segundo o prefeito, operação custará cerca de R$ 3,5 milhões à cidade. Leia mais em "g1"

Ato acontece em frente ao 32º Batalhão, em Macaé (Foto: Juliana Martarello/Inter TV)

Polícia publica foto garantindo que patrulhamento está na rua 

Corporação garante que protestos não afetaram o serviço nesta sexta-feira (10). Leia mais em "folhadoslagos"