Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Prefeitura de Búzios notifica o Sr. Peter Maciokas para comparecer à Secretaria de Obras

Boletim Oficial nº 802, 02/02/2017

É! Tem certas coisas que só acontecem em Búzios mesmo. O Sr. Peter Maciokas, convocado como representante da empresa DM Participações e Construções para tomar ciência do relatório de vistoria periódica feita em várias obras realizadas pela empresa em Búzios, não vai poder comparecer simplesmente porque ele encontra-se ... preso. Infelizmente, ele vai perder o prazo de 5 dias ficando sujeito às sanções previstas nos termos da Lei 8.666/93.

O empresário Peter Maciokas foi preso, juntamente com 21 pessoas, na Operação Dominação deflagrada em 3/12/2015 pelo Grupo de Atuação Especial e Combate ao crime Organizado (GAECO) do MP-RJ e a Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (DELEPAT da Polícia Federal.

Segundo a Polícia Federal, todos os presos são ligados ao traficante Cadu Playboy. Um deles é o pai de Cadu, chefe de uma autarquia (ECATUR) em Arraial do Cabo.
A partir dessas prisões, a Polícia Federal e os promotores encontraram uma ligação do tráfico de drogas com desvio de dinheiro público. Segundo os investigadores, Cadu Playboy repassava o dinheiro do tráfico para o pai.
Já o pai se apropriava do dinheiro público conseguido com a contratação de funcionários fantasmas e de fraudes em licitações. Os policiais disseram que Chico da Ecatur tinha a ajuda de políticos e empresários para lavar o dinheiro das fraudes e do tráfico de drogas. E que o dinheiro era usado para comprar, principalmente, imóveis e carros.

A justiça autorizou o sequestro de bens do grupo, no valor de R$ 20 milhões. São casas, apartamentos e terrenos, como um deles de frente para o mar na Praia dos Anjos, em Arraial do Cabo. 

Peter Maciokas, é sócio de uma empresa que foi contratada através de fraudes em leilões. A empresa dele vendeu 20 carros para a Ecatur num dos leilões fraudulentos. Policiais federais destacaram a ligação entre o tráfico de drogas e a política na Região dos Lagos.

Fonte: "g1"

Observação: A prefeitura de Búzios precisa tomar mais cuidado com quem contrata para realização de obras ou para terceirização de serviços. O filho de Peter, Oto Maciokas, encontra-se foragido até hoje. Ele também tem empresas contratadas pelo governo André?

Comentários no Facebook:
Daniel Conceicao Goncalves Isso é pra gente rir ou chorar. Aí, o secretário de Obras quer que a justiça o libera para que possa comparecer na prefeitura?
CurtirResponder4 hEditado
Laci Coutinho Melhor seria o Prefeito ir encontra-lo! kkkk
CurtirResponder1 h
Eduardo Trindade Isso se chama enxugar gelo!