Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Apenas um vereador é reeleito em Búzios

Búzios tem oito (8) novos vereadores. Apenas Joice Costa (PP) conseguiu se reeleger. Quatro vereadores não disputaram a reeleição. Dois por terem se candidatado a vice nas chapas de Mirinho (Leandro) e de Dr. André (Henrique Gomes), Felipe por candidatar-se a Prefeito. E Genilson por ter desistido após ter sua candidatura a vice de Felipe impugnada pela Justiça Eleitoral de Búzios. 

Mesmo não tendo disputado as eleições, estes vereadores buscaram eleger seus "escolhidos" para o Legislativo, tentando transferir votos para eles. Genilson tentou eleger seu assessor Eldo, mas não conseguiu. Ele obteve apenas 367 votos. Assis, apoiado por Henrique Gomes, também não se elegeu, obtendo 357 votos. Felipe Lopes também não conseguiu eleger Neemias Lopes, que ficou com 375 votos. O único vereador da atual legislatura que conseguiu eleger um sucessor foi Leandro. Seu irmão, Josué Pereira, foi eleito com 463 votos pelo seu partido, PHS.  

Dos vereadores eleitos, o que teve desempenho mais surpreendente foi Dom, saltando de 260 votos em 2012 para os atuais 648 votos. Um incremento de 149%. Obviamente contando com a ajuda do "trabalho" desenvolvido na Secretaria de Ordem Pública. Outro que também foi beneficiado pelo "trabalho" realizado em outra secretaria do governo André, especificamente na Secretaria de Serviços Públicos, foi Miguel Pereira, mais que dobrando a votação que obteve em 2012. Saltou 108%, de 389 votos para os atuais 811 votos.  Dida, quase teve a mesma perfomance. O vereador mais bem votado desta eleição com 820 votos, tinha obtido apenas 418 votos em 2012. Um acréscimo de 96%. Um fenômeno, pois, pelo que se sabe, o vereador não dispunha de nenhuma secretaria para "trabalhar" pelo bem do povo buziano. Niltinho, que "trabalhava" com os velhinhos de Búzios na Secretaria de Desenvolvimento Social Trabalho e Renda, teve desempenho bem mais modesto: passou de 591 votos para 638 em 2016. Nobre, que trabalhava na mesma secretaria até os 45 minutos do segundo tempo, quando pulou do barco para apoiar Alexandre Martins, deve ter herdado alguns votinhos do "trabalho" realizado por lá. Dos 501 votos obtidos em 2012, passou para parcos 527 votos agora. O que demonstra que o trabalho com os velhinhos de Búzios não rende muitos votos.

Dos cinco vereadores que disputaram a reeleição apenas um se reelegeu: a vereadora Joice Costa. Se reelegeu e aumentou sua votação em 110 votos. Um acréscimo de 20%.  Passou de 537 votos (2012) para 647 (2016). 

Dos quatro não eleitos, apenas Gugu não perdeu votos nesta eleição em relação à anterior. Pelo contrário, aumentou sua votação em 8%, mas não foi suficiente. Passou de 437 para 472 votos. Todos os outros três perderam votos. Messias foi o que mais perdeu: 63% dos votos obtidos em 2012 (519) esvaíram-se. Messias ficou com apenas 197 votos nesta eleição. Zé Márcio perdeu 46%: de 588 para 319. Lorram, 34%: de 851 para 566. Obviamente, foram reprovados pelo 'trabalho" realizado na Câmara de Vereadores de Búzios.