Logo do blog

Logo do blog

publicidade5

publicidade5

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Só rindo do "detentor" do terceiro melhor currículo do Brasil




O sujeito que se diz o terceiro melhor currículo do Brasil (já o rebaixei pra quarto) publicou em seu perfil do Facebook uma resposta raivosa ao meu post "Rabiscos Locais 28". Vejam:

"Sempre estive convicto de que a aposentação precoce levasse a restringir o conhecimento, em algus casos, mais grave, ao 'abestalhamento'.
'Justiciar' se refere à justiça feita pelos xerifes na medieval Inglaterra, quais representavam a 'Curia Regis'. Para conhecer isso, não se precisa exibir um currículo médio, mas também não há necessidade de se escafeder-se na mediocridade provinciana, limitado a rabiscos.
'Justiciamento', portanto, é a administração da Justiça, feita por um 'sheriff'. Sorry periferia do conhecimento.
Em tempo: não me enviem mais as idiotices desse camarada, que o quero encontrar apenas em audiência, pois não me interessa nada dessa fonte."

Todo conhecimento exibido pelo sujeito está a um clique no Google. Basta digitar a palavra "justiciar" ou clicar no link https://en.m.wikipedia.org/wiki/Justiciar que você também passará a deter todo o conhecimento que o 3º maior currículo do Brasil tem sobre o tema. Tudo indica que o sujeito copiou do Wikipedia e colou no seu post.

Trata-se de erro mesmo. O sujeito teve que dar um verdadeiro salto mortal intelectual carpado com piruetas pra justificar o erro. O salto deve impressionar muito  seus seguidores. Mas, "sorry periferia" é dose. 

Todos sabem que a boa norma da escrita obriga que se destaque, com aspas, negrito, etc, quando se fizer referências a termos situados historicamente com grafia diferente da atual. O problema é que o uso do cachimbo torna a boca torta. Por exemplo, se o sujeito continuar a escrever a palavra "descente" pra se referir a pessoa de bem vou rebaixá-lo para o 5º melhor currículo do Brasil.  Não adianta dar outra salto mortal intelectual que eu o rebaixo assim mesmo.

O sujeito termina sua postagem prometendo mais processos. Pra que Ruy? 

Seria interessante levantar quantos processos o sujeito já perdeu desses 182 que listei no post "O maior querelante de Búzios". Se perdeu a maioria deles, o sujeito está jogando dinheiro fora.  E muito dinheiro, pois a contratação de bancas famosas custa o olho da cara. Quanto será que custa um Tebet? Seria interessante levantar quantos desses 182 processos o sujeito já perdeu, e quanto foi gasto com esse seu lego infantil de ficar processando os outros. Talvez um dia me dedique a essas tarefas.

"Sorry periferia" é dose! Temos um Ibrahim Sued em Búzios. Aqui, cavalo sobe escada. Só em Búzios. E até vira secretário!