sexta-feira, 8 de julho de 2016

Rabiscos locais 28

Rabiscos locais 28

Lembrete

É bom não esquecer que ameaça é crime. Mesma a realizada pela internet. Quem acha que se esconde atrás de curtidas de ameaças está muito enganado. No período eleitoral as coisas devem se acirrar. Já começam a pipocar agora. Quem por acaso for ameaçado deve printar o teor da ameaça e fazer registro na Delegacia local. No meu caso, além disso, publico o conteúdo da ameaça aqui no blog. 

Falta de argumentos 

É muito comum em Búzios pessoas surpreendidas com a boca na botija cometendo malfeitos, por falta de argumentos para se defenderem, contra-atacarem com acusações de ordem pessoal. Em geral, fazem isso sem citar nomes, com medo de serem processadas, pois não têm como provar as calúnias de ordem pessoal feitas. Com esse comportamento revelam o que são: pessoas covardes e menores.

Em meu blog me recuso terminantemente a fazer isso, apesar das inúmeras denúncias de ordem pessoal que recebo de leitores do blog a respeito de políticos da cidade, por email, SMS, inbox do Facebook e Whatsapp. Nunca as levei em consideração. Não me interessa nem um pouco se alguém bebe, fuma, cheira, tem amante, é corno, etc.  Se bebe, droga lícita, o problema é unicamente dele; se usa drogas ilícitas, o problema é da policia; e se tem amante ou é corno, o problema é do  companheiro/a dele (ou dela).

Antes tarde do que cunha

É incrível a incapacidade de  nossos políticos fazerem autocrítica. Dilma passou mais de um ano e meio para reconhecer que pode ter cometidos erros em sua gestão anterior. Não os nominou, mas só o fato de ter admitido que eles podem ter acontecido já é um avanço. Acredito que as coisas poderiam ter saído diferente para seu governo, se nos primeiros dias do novo mandato alertasse a população em rede nacional de TV para a real situação da crise econômica brasileira. Preferiu continuar com a farsa da campanha eleitoral. Deu no que deu.

Cunha deixa a Presidência da Câmara sem reconhecer um único erro, negando recebimento de propina e que mantenha contas secretas no exterior. Em sua carta de renúncia faz papel de vítima, queixando-se de perseguições. São todos uns santos.  

Bom pai, bom marido, bom filho

Com a emoção demonstrada pelo outrora político frio e calculista ao se referir à família, EduardoCunha joga por terra um argumento muito usado em quase todas as eleições municipais  pelo ex-prefeito Mirinho Braga, de que o povo de Búzios deveria escolher entre os postulantes ao cargo de Prefeito aqueles que fossem bom pai, bom filho, bom marido, etc. Ao meu modo ver, com as lágrimas derramadas, para mim verdadeiras, Cunha deve ser um bom marido e um bom pai. E porque não bom filho? Definitivamente, se se for usar estes critérios, eles não devem ser exclusivos para a escolha de um bom prefeito. É preciso que o povo de Búzios escolha como o próximo prefeito de Búzios uma pessoa que seja honesta e boa gestora da coisa pública.

Justiciamento (sic)

O terceiro melhor currículo do Brasil- segundo o próprio- anda maltratando a língua pátria. Ao criticar alguns juízes por realizarem possíveis justiçamentos com suas sentenças, o sujeito escreve "justiciamento" (sic). Assim vou ser obrigado a rebaixá-lo pra quarto melhor currículo.