Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Decretada prisão preventiva de motorista acusado de matar um e ferir quatro em Búzios

Celso Cajaíba chegando na 126ªDP, foto G1 
O juiz Marcelo Alberto Chaves Villas, da 2ª Vara Criminal de Armação dos Búzios, na Região dos Lagos, converteu a prisão em flagrante de Celso Hildebrando Cassiano do Carmo em prisão preventiva, nesta terça-feira, dia 24. Ele é acusado de atropelar e matar o jovem Henrique Silva dos Santos e ferir outras quatro pessoas que estavam em um ponto de ônibus. O acidente aconteceu na rodovia RJ-102, no bairro Marina, no município de Búzios, no último dia 23.
Na decisão, o magistrado ressaltou que, segundo relatos de testemunhas, o motorista dirigia embriagado no momento do acidente. “De toda a sorte, como já frisado acima, todas as testemunhas oculares aduziram que o indiciado Celso era quem conduzia o veículo GM/Classic em alta velocidade, gerando perigo de dano concreto, visto que em ziguezague, vindo a atropelar várias pessoas que estavam na calçada em um ponto de ônibus às margens da RJ, havendo até o presente momento uma vítima fatal. Sendo que os testemunhos eram no sentido de que o indiciado Celso estava visivelmente bêbado na ocasião do abalroamento das pessoas às margens da rodovia estadual”, afirma o juiz Marcelo Alberto Chaves Villas.
Na delegacia, o acusado negou que estivesse na direção do veículo quando o acidente ocorreu e apontou um dos dois caronas como o responsável. O policial militar licenciado do 25° BPM, Syllas Pereira Cabral, conhecido de Celso, foi indiciado pelo crime de fraude processual, acusado de tentar retirar os ocupantes do veículo acidentado, sob a argumentação de que os conduziria ao hospital, e facilitar a fuga do motorista. Na decisão, o magistrado também determinou que a Corregedoria Interna da Polícia Militar apure a conduta infracional do PM.

Comentários no Facebook:

Este sim, o mais completo , e comprometido com o público. Valeu Ip Buzios , por manter o povo bem informado.



Jaye Lima se sentindo abençoada.
E agradecida pelo o livramento quer deus me deu na madrugada de ontem. Por volta da 1:10 mais ou menos. Estava chegando do trabalho descendo da van. Vinha um carro Branco. De repente ele sobe no acostamento com intenção de atropelar alguém e no momento era eu quer estava ali. Mais deus me deu a mão e eu pulei pra traz. E o carro acelerou e foi embora. Só quer hoje fiquei sabendo quer esse mesmo carro atropelou quatro jovem quer estava num ponto de ônibus as 6;00 dessa manha. Fiquei chocada. Pois um jovem faleceu no local. Então ele já estava com mal intenção desde da 1:10 da manha. Quero agradecer A adeus por esse livramento. Obrigado senhor me proteja sempre a mim e aos meus filhos. Amém.


Comments
Flavio Neves O assassinato não pode ficar impune. Embriagues não é desculpa. 30 anos na cadeia seria um bom exemplo para os milhares de idiotas dirigindo bêbados.


Comments
Jorge Buzios Parabéns pela matéria.
Agora deu " nome aos bois"
Isto sim é jornalismo.
Não devemos ocultar nomes.
Deu uma aula!
Búzios ainda tem jornalistas sérios e comprometidos.
Parabéns também ao judiciário, que vem colocando a cidade no eixo após anos de abandono.


Luiz Carlos Gomes Verdade Jorge. Quando o Procon esteve aqui e multou restaurantes e lojas na Rua das Pedras os nomes deles não foram divulgados pelo jornalão O Globo e um site de notícias muito lido aqui na Região. Motivo: Não queriam perder possíveis anunciantes. Isso não é jornalismo. É comércio com a informação. Grande abraço. Muito obrigado pelo elogio.


Até que enfim a notícia completa!

Comments
Ilana Tanure Eis aí a verdadeira Justiça. Excelente a decisão do Excelentíssimo Juiz Marcelo! Aos culpados as penalidades!