Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Seis municípios do Rio de Janeiro concorrem ao Prêmio Melhores Práticas

Dez trabalhos foram habilitados na primeira fase do Prêmio Melhores Práticas - Versão 2015, promovido pela Escola de Contas e Gestão do TCE-RJ. Os relatos abordam ações de seis municípios fluminenses na área de "Educação, Cultura, Esporte e Lazer no Ensino Fundamental", tema da edição deste ano do prêmio. A informação consta do Diário Oficial desta sexta-feira (22/5).

Promovido pela Escola de Contas e Gestão, o prêmio visa a estimular e divulgar práticas que resultem em melhoria da administração pública direta e indireta municipal. Os relatos habilitados, que serão encaminhados à Comissão Julgadora, são:
- Acessibilidade para alunos com necessidades educacionais especiais - Escola Municipal Professora Genecy Suhett Lima - Município de São Gonçalo;
- Programa municipal de correção de fluxo escolar - Secretaria Municipal de Educação de Rio das Ostras;
- Mais leitura Guapimirim - Secretaria Municipal de Educação de Guapimirim;
- O atendimento ao aluno autista - Jardim da Infância Menino Jesus - Município de São Gonçalo;
- Educação bilíngue no município de São Gonçalo - Colégio Municipal Castello Branco - Classe Bilíngue - Município de São Gonçalo;
- Programa Provirtual - Progressão Parcial Virtual - Secretaria Municipal de Educação de Rio das Ostras;
- Um espaço e muitas possibilidades: o MICInense aperfeiçoando os professores e encantando os alunos - Museu Interativo de Ciências do Sul Fluminense da Prefeitura do Município de Barra Mansa;
- Inovando o design da formação do PNAC - utilizando AVA Moodle - Prefeitura do Município de Piraí;
- Formação Continuada - Desenvolvimento Profissional e Novas Práxis Educativas - Secretaria Municipal de Educação de Rio das Ostras;
- Projeto "Jovens Escritores" - Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Itaboraí.


Fonte: "tce.rj"

Meu Comentário:

Nenhuma trabalho dos municípios da Região dos Lagos foi selecionado para o prêmio. Também com os "prefeitinhos" (e "secretariozinhos" de Educação) que temos, esperar o quê?