Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Quem mentiu mais no debate da Band?

Aécio x Dilma

O blog "Preto no Branco" acompanhou ao vivo o debate presidencial promovido na noite de ontem pela Band. Confira abaixo a lista das checagens relativas ao confronto entre a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, e o candidato do PSDB, Aécio Neves.
CRISTINA TARDÁGUILA 
DILMA ROUSSEFF (PT)


1) Aeroporto de Claudio (MG):



VERDADEIRO
A decisão do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sobre o assunto foi de determinar que a Procuradoria de Minas Gerais investigue se houve crime de improbidade na construção do aeroporto. 
2) Origem do Bolsa Família:



FALSO


De acordo com a lei 10.836, que cria o Bolsa Família, o programa tem por finalidade unificar ações de transferência de renda como o Bolsa Escola, o Bolsa Alimentação e o Auxílio-Gás. Todos esses programas foram criados durante o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB).



3) Homicídios em MG:



VERDADEIRO


Segundo o Mapa da Violência, Minas Gerais teve um aumento de 52,3% no número de homicídios na última década.



4) Casa da Mulher Brasileira:



EXAGERADO


Segundo informação oficial da Secretária de Políticas para Mulheres, 18 estados aderiram ao programa (Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe). As demais adesões, segundo a secretária, "seguem em negociação".

Ainda segundo a secretaria, estão abertos editais de licitação que visam à contratação de empresa de engenharia, especializada em construção civil, para a execução de obras de implantação da Casa da Mulher Brasileira em um total de cinco cidades: Brasília (DF), Campo Grande (MS), Vitória (ES), São Luís (MA) e Fortaleza (CE).
5) Mais Médicos:



VERDADEIRO
Em julho de 2013, Aécio Neves deu entrevista (disponível no Youtube) e classificou o programa como "uma violência que tem que ser repudiada". 

6) Mensalão tucano:
+- VERDADEIRO MAS 
Segundo denúncia da Procuradoria Geral da República de Minas, o mensalão tucano desviou R$ 9,2 milhões com superfaturamento de contratos de publicidade de estatais para as campanhas de Eduardo Azeredo e Clésio Andrade ao governo do Estado, em 1998.
Em fevereiro deste ano, o publicitário Marcos Valério e o empresário Rogério Tolentino foram condenados a quatro anos e quadro meses de prisão por corrupção ativa e passiva respectivamente, mas estão recorrendo.
Segundo o advogado Marcelo Leonardo, que representa parte dos réus, o caso ainda não transito julgado.
Vale destacar que, para dois réus, a ação prescreveu: o ex-ministro Walfrido Mares Guia e Cláudio Mourão.

AÉCIO NEVES (PSDB)


1) Eleições em MG:




FALSO
O candidato do PSDB perdeu a eleição para a prefeitura de Belo Horizonte (MG) em 1992, em disputa com o petista Patrus Ananias. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do candidato.

2) Fundo Nacional de Segurança:



VERDADEIRO
Segundo o Portal da Transparência, em 2014, os gastos com o Fundo até agora chegaram a R$ 93,3 milhões. O valor total previsto no orçamento de 2014 era de R$ 575,6 milhões. Ou seja, os investimentos foram de apenas 16,02%.

3) Ranking da educação:



FALSO
Segundo "Programa Internacional de Avaliação de Estudantes-PISA", que é da OCDE e é um dos principais indicadores educacionais, o Brasil não está na lanterna em seus três ranking sobre desempenho em Matemática (58º), Leitura (55º) e Ciências (59º). O ranking possui 65 países.

4) Crescimento do Brasil:



VERDADEIRO
Segundo estatísticas oficiais da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), o Brasil ocupa o penúltimo lugar no ranking de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos países da região entre os anos de 2012 e 2013. O menor crescimento foi o da Venezuela.

5) Indicadores sociais:



EXAGERADO
Segundo síntese anual divulgada pelo IBGE sobre 2013, o Brasil teve melhora, por exemplo, em indicadores sociais como mortalidade infantil, que caiu; acesso ao ensino fundamental, que aumentou; e a renda, que também aumentou. 


6) Educação em MG:

VERDADEIRO MAS 
Os dados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) de 2011, divulgados como Prova Brasil, realmente apresentam o estado de Minas Gerais com as melhores notas no ensino fundamental. Nos "primeiros anos", o estado teve notas 207,05 em Português, e 229,14 em Matemática. Nos "anos finais" do ensino fundamental, Minas teve notas 257,18 em Português, e 268,78 em Matemática.

Quando se consulta o Índice de Desenvolvimento Básico (Ideb) de 2011, também considerado uma das principais fontes de informação sobre a educação fundamental, o estado de Minas Gerais continua aparecendo em primeiro lugar nos "primeiros anos do ensino fundamental".

Mas ele cai para o terceiro lugar no ranking nacional, por estados, nos "anos finais". Nesse quesito, estavam a sua frente em 2011 (dado mais atual disponível) Santa Catarina (com nota 4,9) e São Paulo (4,7). No Ensino Médio, a colocação cai para quarto lugar, atrás de Paraná, São Paulo e Santa Catarina. 

7) Homicídios em BH:

VERDADEIRO
No primeiro ano de governo de Aécio Neves, de acordo com dados do Mapa da Violência, a taxa de homicídio foi de 57,6 por 100 mil habitantes. No último ano de sua gestão, a taxa diminuiu para 35,5. Percentualmente, a queda é de 38,3%. 
8) Palocci e Armínio Fraga:
INSUSTENTÁVEL

Apesar de matérias jornalísticas da época terem apontado que petistas cogitaram a permanência de Armínio Fraga por mais tempo à frente do Banco Central, não há nenhum documento ou discurso público que comprove essa hipótese.