Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Convescote com dinheiro público?

Os Festivais de Cinema de Búzios normalmente consumiam R$ 75.000,00 de nossos recursos como cota de patrocínio. Tanto Mirinho quanto Toninho disponibilizavam os recursos para pagamento dos serviços de divulgação e comercialização para que os festivais acontecessem.

Para surpresa de todos, o novo governo André multiplicou estes recursos por cinco, elevando a cota de patrocínio para R$ 393.000,00. Desta vez, os serviços foram divididos em serviços de divulgação e comercialização, e serviços de produção/execução. Os primeiros, aqueles que verdadeiramente podem ser enquadrados como patrocínio, custaram R$ 97.100,00.  Os de produção, R$ 295.900,00.

Mesmo entre as despesas de divulgação, chamam a atenção dez mil reais gastos com a criação do "site" "buzioscinefestival", outros dez mil gastos com "criação" do Festival e 8 mil reais com "assessoria de imprensa".

Mas o que causa grande estranheza são os gastos com a produção propriamente dita do evento realizados pela ONG CIMA - Centro de Cultura Informação e Meio Ambiente.

Oitenta e cinco privilegiados se hospedaram em Búzios durante os cinco dias do Festival consumindo 425 diárias de hospedagem a R$ 230,00 cada uma, totalizando R$ 97.750,00, pagas integralmente com dinheiro público.

Se não bastasse isso, também os alimentamos. Pagamos 600 refeições a 23,50 cada uma para alimentá-los durante o Festival. Mais R$ 14.100,00 de nosso rico dinheirinho público.

Como bons anfitriões, disponibilizamos 12 veículos para que eles pudessem se deslocar a vontade pela cidade durante o Festival. Mais R$ 15.600,00 de nosso rico dinheirinho.

Como o dinheiro é da viúva- por sinal muito rica e benevolente com os amigos- resolvemos pagar muito bem, claro que com dinheiro público, os "trabalhadores do festival".

Pagamos R$ 2.000,00 por dia para a "produção executiva" (total dos 5 dias: R$ 10.000,00);
R$ 1.600,00 por dia para 1 diretor de produção (total dos 5 dias: R$ 8.000,00);
R$ 400,00 por dia para a "assistente de produção" (total dos 5 dias: R$ 2.000,00);
R$ 779,00 por dia para o "produtor" (total dos 5 dias: R$ 3.895,00);
R$ 400,00 por dia para 2 "coordenadores de programação" (total dos 5 dias: R$ 4.000,00);
R$ 440,00 por dia para 1 "assistente de coordenador de programação" (total dos 5 dias: R$ 2.200,00) (observação: reparem que o assistente ganha mais que o coordenador);
R$ 700,00 por dia para fotógrafo (total dos 5 dias: R$ 3.500,00);
R$ 560,00 por dia para 2 coordenadores do receptivo (total dos 5 dias: R$ 5.600,00);
R$ 240,00 por dia para 2 apresentadores (total dos 5 dias: R$ 2.400,00);
R$ 150,00 por dia para 3 recepcionistas (total dos 5 dias: R$ 2.250,00);
R$ 2.000,00 por dia para 1 designer gráfico (total dos 5 dias: R$ 10.000,00).

Benevolência pouca é bobagem. Também pagamos muito bem pelo aluguel de equipamentos. Dos equipamentos usados ao ar livre, pagamos pela projeção  R$ 4.400,00 por dia (total dos cinco dias: R$ 22.000,00); pela sonorização, R$ 2.160,00 (R$ 10.800,00); telão, R$2.400,00( R$ 12.000,00); montagem/desmontagem, R$ 1.200,00 (R$ 6.000,00).

Dos equipamentos usados no Cine Bardot, pagamos por quatro equipamentos de sonorização R$ 473,50 por dia por cada um (total nos cinco dias: R$ 9.470,00); 4 de iluminação, R 365,75 por dia (R$ 7.315,00); 4 equipamentos digitais de transmissão, 660,00 por dia (R$ 13.200,00).

Conclusão: O Festival de Cinema de Búzios, evento importante do ponto de vista cultural e que faz parte do nosso calendário de eventos, foi transformado pela nova administração municipal em um grande convescote particular pago com dinheiro público!


Observação: o novo valor de patrocínio do Festival de Cinema me induziu a supor que a estátua do Woody Allen exibida no bar-restaurante do cinema estivesse incluída entre as despesas. Se assim fosse ela seria uma estátua "pública". Hector novo administrador do espaço disse no Facebook que a estátua é sua. Mil perdões, Hector! Corrijo: a estátua do Woody Allen não é pública. Ela tem dono. É do Hector!

Comentários no Facebook:


TODO ISSO GASTARÃO ,..SERÁ QUE É VERDADE,,,,NÃO ACREDITO,, 397.000,00 REAIS ,,E PENSAR QUE OS PREFEITOS ANTERIORES SOU PATROCINAVAM COM A SUMA DE 75.000,00 REAIS E ESTAVA DE BOM TAMANHO ,,QUE PAN DUROS QUE FORAM ,,,,,PUXA VIDA EU PERDI DE VER POLANSKI ,,DANIEL FILHO,,,,LEONARDO DE CAPRI,,, MAZZAROPI,,, GRANDE OTELO, ,OSCARITO ,,,MARLON BRANDO ,,O BANDIDO DA LUZ VERMELHA,,,ASSALTO AO TREM PAGADOR ,,ME ENGANA QUE EU GOSTO ,,LADROES DE BICICLETAS ,,,,BÚZIOS CIDADE ABERTA ,,MACUNAIMA ,,,O LEOPARDO ,,O BATEDOR DE CARTEIRA ,,OS INCONFORMADOS, ,LIGAÇÕES PERIGOSAS,,O ILUMINADO,,,,,ONZE HOMENS E UM SEGREDO,,,CALIGULA,,,O QUE NÃO ENTENDI PORQUE TANTOS PRODUTORES PARA RECEBER O BAM-BAM DO B.B.B



  • Jose Figueiredo Sena Sena Ou Luiz Carlos Gomes , só estou comentando o que meus ex-alunos e alunos estão dizendo pra mim aqui nas mensagens, coisa de primeiro mundo , e eles com razão estão dizendo que se cada pasta com todo o material do curso custa " C$ 210,00 ", e eles foram bem claro todo o material do curso para o ano inteiro , a saber ( " a pasta azul ,apostilhas ,esquadros , lapiseiras , calculadoras , copias de Isométricos , copias de Plantas de Tubulação, copias de Plantas de Estruturas , copias de " spool" , régua " T ", grafites, borrachas ,esquadros transferidores " ). E ai então eles fizeram as contas e disseram se o Governo gastou C$ 393.0000,00 com festival , com os 42 alunos gastaria somente ( 42 x C$ 210,00 = C$ 8 820,00 ) para o ano inteiro , já pensou que maravilha só gastaria 0,25 % de C$ 343.000,00 o que seria o valor de C$ 8 575, 00 eu disse vamos tocar pra frente porque atras vem gente .né. ( dois e meio só. )



  • Maria Elena Olivares que vergonha!!! sempre chorando por grana, e logo traz um bando de amigos , que nos pagamos .sinceramente......



  • Maria Elena Olivares Realmente muito triste , quando tem que haver uma reunião, importante não tem dinheiro para os gastos, qualquer apoio é vedado, e apareçe este dinherão gasto com pessoas que vem aqui com tudo pago sem nessecidade, tanbem a falta de interesse do secretario e deseninformação , e triste, foi publicado no Peru, que teve edital para os grupos de funk , e ele não sabia , vergonha!!!