Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

domingo, 10 de novembro de 2013

Personagens Históricos de Búzios: Minelli "Jacaré"

Minelli, foto Facebook  de Romano Lorenzi

Foto do quadro-homenagem exposto na Colônia de Pescadores de Búzios
Foto do Jornal O Perú Molhado, 7/9/2001
Foto do Jornal O Perú Molhado, 7/9/2001
Última homenagem do amigo Zé Itajahy, OPM 7/9/2001

Na verdade Mineli "Jacaré" se chamava Manuel Aurélio de Souza. Teve 7 filhos, 17 netos e um bisneto. Tricolor, "muitas vezes vestia a camisa com as três cores , nas caminhadas entre os Ossos, seu território e o "Búzios", que era como todos os buzianos nomeavam o centro da cidade". Gostava de cozinhar- era o seu hobby, segundo sua esposa Dona Ika, Francisca Gonçalves dos Santos. Pratos: polvo com cebolas inteiras e cabeça de garoupa, ou outro peixe, com macarrão. "Meu pai aprendeu com a minha avó, e passou para os filhos. Para mim, é a verdadeira comida buziana" - diz Manoel, o filho. Razão do apelido "Jacaré"; "ele olhava meio de lado", arrisca Gêde. Mario, português do Minho que, com ele, navegou muito tempo com a Estrela de Belém", uma valente traineira, revela que Jacaré foi seu melhor amigo. Antes de morrer pode ver realizado seu sonho, o barco "Fluminele", construído pelo mestre Onofre, do estaleiro de Barra de São João, mas seguido a cada detalhe pelo maestro Jacaré. O barco entrou em serviço pelas mãos de um outro filho, o Vanil. (Anibal Fernando, Jornal O Perú Molhado, 7/09/2001)

Comentários no Facebook:



Comentários no Facebook do Romano Lorenzi: