Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Malandro é malandro, otário é otário!

Depois que postei o texto “A face oculta da transparência” de autoria da minha amiga e companheira de lutas da Ativa Búzios, Cristina Pimentel, o senhor Ulisses Martins fez, no Facebook,  o comentário abaixo:

Luiz, concordo em numero, gênero e grau com sua colocação de quem fiscaliza somos todos nós. O que leva as pessoas a perguntar pela ATIVA é literalmente não só a situação do Mangue de Pedra, Dunas do Peró, Conselho disso e daquilo, mais TAMBÉM da farra constatada em suas próprias palavras, por exemplo, referente ao Orçamento 2014 e de que no máximo e na melhor das hipóteses que pode acontecer é que fique tudo na M... que está, ou seja com o executivo enfiando a mão, o legislativo fingindo que não vê e os que deveriam se posicionar (como sempre o fizeram) não o façam. Esse é o motivo das perguntas e pelo que vejo, pertinentes, e da ausência da voz de quem poderia ao menos informar que mudou seu foco para o ambiental e não vai se dar mais ao trabalho de fiscalizar as contas públicas. Isso é claro, em minha opinião”. 

Não se satisfazendo em apenas curtir a postagem, o senhor Ruy Borba faz o seguinte comentário:


“São inconfessáveis e inexplicáveis as razões para a ausência da Ativa Búzios. Isso leva a crer-se que se tratava de um partido político travestido de ONG. Ou seria um diagnóstico de esquizofrenia social? E para ilustrar a imagem que expressa melhor que mil palavras”

“Se a linha for mesma na direção de esquizofrenia há dimensões no Greenpeace, agora para ajudar a libertação da brasileira da Rússia. Eu já assinei o abaixo assinado”.

Como o Ulisses Martins se dirigiu a mim pensando que o texto fosse meu, resolvi informá-lo o nome da autora:

 “Ulisses, o texto não é meu. É da Cristina Pimentel”.

Foi aí que o senhor Ruy Borba se entregou infantilmente! Respondeu como Ruy Borba, para depois responder como Ulisses Martins, revelando a "identidade" do seu fake. Vejam abaixo:

"Permanecem, contudo, as observações".

"Luiz, tem razão, me desculpo as palavras são da Cristina Pimentel, mais permanecem as observações".

Visitem  o perfil do Ulisses Martins no Facebook ”ulisses.martins”  e comprovem que o senhor Ruy Borba esqueceu que fez nascer o seu fake Ulisses na cidade de Turmalina, SP, no dia 9 de abril de 1983. Com trinta anos de idade não estaria reclamando da "idade" e da "maturidade" que estaria chegando. Como paulista, normalmente, não diria "como se diz no Sul".

E o cidadão ainda tem a cara de pau de fazer campanha contra fakes na internet! 

"Vocês viram a desfaçatez da propaganda de uma pagina inteira no jornal o peru molhado...Cada dia, e com a idade e maturidade chegando, sinto mais clara a força do dinheiro e como algumas pessoas vivem como se diz no Sul; "Da mão pra boca" como se não houvesse amanhã e da urgência de que essa gente precisa ganhar tudo o que for possível HOJE, e se possível AGORA e o TER ser tão superior ao SER".

Malandro é malandro, e otário é otário mesmo! 

Comentários no Facebook:



Ulisses Martins Luiz, o Ruy está no inferno astral dele mesmo! kkkkk... Ser confundido comigo é uma coisa no mínimo inusitada, a sua linha de raciocínio me proporcionou muitas gargalhadas. Respeito seu trabalho e gosto muito do que você escreve, em especial quando escreveu do Sandro do peru sobre a CEB, me senti tão representado por seu texto que não precisei fazer comentário por aqui, por exemplo. Mais essa de hoje foi uma viajem daquelas quase de ácido. Toda essa investigação e traça pra lá e vem pra cá pra não dizer o que vem fazendo a ATIVA foi ótima e você está coberto de razão: Malandro é malando e mané é mané! Ruy essa pra mim pelo menos foi muito boa e independente de qualquer coisa lhe considero uma pessoa culta e ser comparado com você foi recebido como um elogio. Deixando os factoides de lado a Ativa Búzios já se pronunciou sobre o orçamento 2014 ou o descalabro dos B.O.s? No inicio de tudo era apenas o que eu gostaria de saber e sei que na ATIVA tem gente muito séria, mais que o silêncio tá estranhos está mesmo! E essa de minha vida agora é o peró não cola... Abraço Luiz.

Meu Comentário:

Tudo bem Ruy. Vou fazer de conta que acredito!