Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

sábado, 2 de março de 2013

Ordenamento turístico?

Vendedores de passeio de escuna na Câmara dia 21
Taxista maritimos e terrestres na Câmara dia 26


Nestes últimos dias a Câmara de Vereadores de Búzios foi palco de protestos de diversas categorias  profissionais do segmento turístico da cidade. Na quinta (21),  os vendedores de passeios de escuna reivindicavam o direito de trabalhar depois que foram proibidos de vender passeios nas ruas próximas ao Pier do Centro. Na terça (26), os taxistas maritimos defendiam justamente o contrário: que o governo mantivesse os vendedores fora das ruas, principalmente das próximas ao Pier. Juntaram-se a eles outra categoria de taxistas- os terrestres- pedindo que se coibisse a atuação dos taxis piratas no munícipio.

Nunca conseguiremos o ordenamento desejado da cidade enquanto prefeitos e vereadores praticarem a atual política clientelista herdada dos Inhos. Sempre se usa o argumento de que "eles precisam trabalhar", são pais de família. A política clientelista sempre dá um jeitinho de se burlar a legislação. Para não perder voto, danem-se as leis. O que o Prefeito municipal precisa fazer é criar um mini-distrito industrial atraindo empresas e um polo universitário como fez Rio das Ostras. O turismo sozinho, em uma cidade com mais de 30 mil habitantes, não consegue mais gerar empregos pra todos.  A quantidade de empregos formais gerados no mini-distrito permitiria desafogar as pressões pela ilegalidade dos que hoje vivem na informalidade. Os prefeitos anteriores, os dos Inhos, nunca tentaram a empreitada, apesar de defender a ideia em palanque- por sinal, proposta presente também em nosso Plano Diretor em vigor- por incompetência e necessidade de manter o povo no atraso. Não interessava a eles que o povo entrasse na legalidade e tivesse independência econômica, não necessitando mais dos empregos públicos de favor ou que se fizesse vista grossa em relação às atividades informais. Iam se eleger como?