Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Festa Rave em bairro residencial. Pode?

Está sendo montado o palco para a Festa Rave que acontecerá em Geribá no dia 31. Próximo à servidão, colada ao antigo Beach Club. Só a montagem já está infernizando o trânsito no local. Sem a mínima preocupação com a acústica, nenhum morador do bairro dormirá hoje após as festas de fim de ano. O bate-estaca promete rolar solto. Como de costume, essas festas costumam durar mais de 24 horas. Que autoridade municipal autorizou a realização do evento ali? 



Por incrível que pareça, Búzios tem Lei que trata deste tipo de evento. Criaram uma Lei só para as Raves! E é uma das poucas leis regulamentadas 
pela Câmara. A Lei e a regulamentação foram obra do vereador evangélico fundamentalista Messias Carvalho. O Edil das trevas medievais fez uma Lei tão draconiana, que  a seguindo ao pé da letra só teremos festa Rave- segundo ele coisa do Diabo- na casa do próprio. Viu, é isso que dá ser medieval no século XXI! Não adianta proibir eventos que fazem parte da cultura de uma determinada fração da juventude. Gostemos ou não da música, não podemos ignorar isso. As coisas acabam saindo pelo "ladrão". É inevitável.

Em vez de proibir, a Prefeitura deveria fornecer todas as facilidades para que estes eventos ocorram sem prejudicar ninguém, com uma acústica adequada e em um local apropriado, como na Fazenda Cunha Bueno, por exemplo.