Publicidade 1

Publicidade 1

publicidade 2

publicidade 2

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Sessões da câmara de vereadores

Com a defecção da vereadora Joice e o consequente fim do G5, as sessões da câmara de vereadores passaram a ser dominadas pela turma do amém (Messias, Leandro,Felipe, Lorram e Joice). Não se aprova mais nenhum requerimento, nem se fiscaliza mais o executivo. Tudo que o prefeito mandar tá aprovado. O legislativo virou uma sucursal do executivo. É o fim!

Agora lá na câmara só se ouve a musiquinha:

Ei! Tu quer saber? Não quero, não.
Não quer por quê? Por nada não.
Tu quer fiscalizar? Han, han.
Não quer por quê?

Vou não, quero não, posso não,
Meu Prefeito não deixa, não.
Não vou não, quero não.

Vou não, quero não, posso não,
Meu Prefeito não deixa, não.
Não vou não, quero não.

Vou não, quero não, posso não,
Meu Prefeito não deixa, não.
Não vou não, quero não.

Comentários:


Flor disse...
Embora sentida por não entender o sentido da palavra "defecção", mas compreendendo que é uma coisa ruim, tenho que rir da canção... deve ter sido inventada pelo Gaúcho, pois lembra muito aquele "jingle" referindo-se ao prefeito Toninho em que dizia que ele não fazia nada...lembra? Acho que é uma maldição, aquilo que a gente pensa do outro acaba acontecendo com a gente...e é muito perigosa esta tese!!!
Monica Werkhauser eh luiz fui hj a Camara e vi a pouca vergonha tudo vuinha de presepio, que nojo, do |Lorram Mesias, Leandro,a Joice nem abriu a boca.putz

À guisa de informação para os 2.667 buzianos que votaram em Jânio Mendes


"A idéia de que Jânio Mendes está fazendo muitas coisas por Cabo Frio na Alerj é mais uma piada para enganar idiotas. Ele fica calado diante de tanta corrupção, não impedindo o dinheiro público de se esvair pelo ralo. Não trouxe uma única empresa ou investimento para a cidade. Está lá só criando factóide, como o dia disso, homenagem àquele e transformação de evento da prefeitura em patrimônio imaterial (o que não impede sua destruição, como vimos em tantos outros casos);

- Até agora, o mandato de Janio na Alerj é marcado por não ter inicialmente assinado a anistia aos bombeiros, por não interceder junto ao governo por um aumento para aos professores em greve, por ter ficado contra a PEC 22, fazendo coro a Myrian Rios, pela total submissão a Lalau, pelo Cadeião e pela distribuição de mochilas feias. Se isso é ser progressista, imagino o que faria se fosse conservador;.

- O deputado Janio Mendes não assinou a Emenda Modificativa nº 3 - na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, que pretendia conceder, às Corporações do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar, da Polícia Civil e dos Agentes Penitenciários o piso mínimo líquido de R$ 2 mil. Nem ele nem a patota do Cabral liderada por Paulo Melo e Anfré Correa assinaram a melhoria salarial.
Que vergonha, deputado !"
Fonte: "Blog do Profº Chicão"

No Facebook:


Monica Werkhauser era de esperar, qual a novidade

Comentários:

Flor disse...
E vc não sabe da história toda, esses votos custaram muito caro a uns poucos e pobres trabalhadores buzianos. Inclusive foi um terremoto na nossa economia... mas isso é um papo longo para quando sobrar um tempinho. Depois a gente conversa...

Polícia investiga contrabando de carros na Região dos Lagos

A PolíciaFederal (PF) investiga o contrabando de carros na Região dos Lagos, no estadodo Rio. Na terça-feira (28), durante uma operação realizada em três cidades daregião, nove pessoas foram detidas e 12 carros apreendidos, todos com placas daArgentina e que já deveriam ter sido registrados e licenciados no Brasil. Osdetidos foram ouvidos e liberados em seguida.

Narodovia mais movimentada da Armação de Búzios foi montada uma blitz. Um veículoda Argentina foi apreendido. Os policiais percorreram também ruas da cidadepara verificar a documentação de veículos de outros países.
Isençãode imposto

Segundo apolícia, os carros apreendidos só poderiam permanecer no país por 90 dias,porque entraram no Brasil com pessoas que se declararam turista. Assim, osdonos não precisaram pagar o imposto de importação, que corresponde a 30% dovalor do automóvel. Além disso, eles não precisavam pagar IPVA e nem erammultados.
Umaargentina, que mora há 20 anos em Búzios, disse que não sabia que precisavaregularizar a documentação do veículo também.
Em CaboFrio, três carros foram apreendidos numa casa no bairro Palmeiras. Um doscarros foi encontrado em Arraial do Cabo. Os proprietários vão responder porcontrabando, sonegação e vão perder a posse dos veículos.
“Eles vãopara a Receita Federal, que poderá leiloar os veículos. Eles também podem terautorização especial de uso para que o veículo seja utilizado por um órgãopúblico federal. Nós vamos continuar investigando. E qualquer veículo que forencontrado nessa situação dentro da nossa circunscrição vai ser apreendido”,disse o delegado da Polícia Federal de Macaé, Elias Escobar.
Ver vídeo: "globo"

Ver vídeo: "record"

A realidade da força de trabalho de Búzios

A população economicamente ativa (PEA) de Búzios em 2010 foi de 21.880. Apenas 45% (9.866) têm empregos formais. Não têm carteira assinada ou estão desempregadas 12.014 pessoas. O que prova a precarização das relações de trabalho em Búzios e o alto índice de subemprego e desemprego muito comum nos municípios da Região dos Lagos.

O setor que mais emprega é o setor de SERVIÇOS com 5.498 trabalhadores (dados de 31/12/2010). Mais de 55% da força de trabalho de Búzios com carteira assinada vem de serviços, o que é característica de uma cidade turística. Segue-se ADMINISTRAÇÂO PÚBLICA com 2.077. Depois vem COMÉRCIO  com 1.970. A CONSTRUÇÂO CIVIL tinha apenas 201 operários, a INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÂO, 104. A lista termina com 16 trabalhadores do setor AGROPECUÁRIO.

Nos municípios da Região dos Lagos, como Búzios, somente Cabo Frio e Rio das Ostras têm mais trabalhadores no setor de serviços do que na administração pública. Araruama é o único que têm mais trabalhadores no comércio.

As ocupações com os maiores estoques (dados de 31/12/2010) são: 1) vendedores do comércio varejista, 723; 2) camareira de hotel, 568; 3) cozinheiro geral, 526; 4) garçom, 416; e  5) auxiliar de escritório, 391.

Um vendedor do comércio varejista, em média, ganhava em 31/12/2010, R$ 807,21. A camareira, R$ 679,82; o cozinheiro geral, R$ 906,90; o garçom, R$ 805,61; e o auxiliar de escritório, R$ 1.019,46.

A remuneração média dos empregos formais foi de R$ 1.165,17. Já na ADMINISTRAÇÂO PÚBLICA essa remuneração saltou para R$ 2.218,18. No setor de SERVIÇOS foi de R$ 910,60. Na CONSTRUÇÂO CIVIL, R$ 906,32; no COMÉRCIO, R$ 825,99; INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÂO, R$ 794,74; e na AGROPECUÁRIA, 689,27.

Confirma-se que os patrões de Búzios pagam mal a seus funcionários. No setor de serviços e indústria só pagam melhor do que Iguaba Grande. No comércio e construção civil, apenas pagam melhor do que Arraial do Cabo e Iguaba Grande.

Os dados confirmam os bons salários da administração pública em relação aos outros setores da economia em toda Região dos Lagos. Vende-se a alma (espírito, ideia, convicção, e tudo mais que se tenha) por um bom empreguinho na prefeitura- o melhor emprego. Tem gente que se fosse lançada no mercado de trabalho de Búzios não conseguiria ganhar os 600,00 ou 700,00 reais da agropecuária ou indústria, mas se aproximando do prefeito (por nascença ou subserviência) consegue ganhar 2.200 reais. É o caso de quase todos os seus assessores I e II, de muitos coordenadores e gerentes, e até mesmo de alguns secretários. Não tem administração pública que aguente!

Fonte: "perfildomunicipio.caged"

quarta-feira, 29 de junho de 2011

O prefeito de Búzios no Twitter II

Tema: Correios





@CelsoRBBastosO correios e uma empresa(Federal)de economia mista, onde a prefeitura nao temnenhum dominio e nem tao pouco gerencia.... 

@CelsoRBBastosEsse arruamento foi feito por mim em 2004 e somente em 2010 aprovado e mandadopara os correios assim q se transformou em lei 

@CelsoRBBastosO Correios oferece um dos piores serviços do País...Em Cem Braças e Rasa sofunciona porque colocamos funcionarios..... 

@CelsoRBBastosVc recebe sua conta de energia eletrica e água onde? 

@CelsoRBBastosEssas empresas entregam com facilidade as correspondencias em todos osendereços....só o Correios nao consegue.... 

@CelsoRBBastosEstamos preparando licitaçao para placas com nomes de ruas de algunsBairros.... É claro q vc pode ajudar!

terça-feira, 28 de junho de 2011

Prefeito stalinista


Esta foto é de 26/03/2004. Foi publicada no jornal O Pescador. Era uma promoção da Secretaria de Esportes. Mas está faltando alguém nesta foto. Dou um prêmio pra quem descobrir. Reparem que não faz sentido aquele espaço entre os jogadores. Quem for mais observador perceberá que tem uma mão a mais segurando a bola. Quem reparar na tabela verá que são seis os times que disputaram a 2ª Copa Master no ano de 2004. Logo deveriam ter seis representantes de clubes segurando a redonda. 

É inacreditável, mas o nosso atual prefeito mandou o seu pau-mandado secretário de esportes à época eliminar da foto a figura do seu vice-prefeito Silvano, representante do tradicional Clube dos 500. Só porque Silvano tinha rompido com ele e entrado no PT. Mirinho fez com Silvano a mesma coisa que Stalin fez com Trotsky. Stalin apagou todos os registros fotográficos que testemunhavam a importante participação de Trotsky na revolução russa. A coisa adquire um caráter mais preocupante porque Stalin fez isso nos anos 20. Mirinho repetiu a infâmia em 2004. Um cara desses ainda quer falar em democracia. 

O prefeito de Búzios no Twitter I


O prefeito de Búzios gosta muito do twitter. Tem 16.016twitters publicados, segue 910 pessoas e é seguido por 1.768. Como as suaspostagens são públicas, qualquer cidadão pode acessá-las. Além do mais, o prefeito é umafigura pública, suas manifestações em uma rede social pública também têminteresse coletivo. Mais ainda: a maior parte de suas postagens- e dos seus seguidores, também funcionários públicos, em sua maioria- são feitas no horário de trabalho  Com base nessas premissas vamos passar a publicar osassuntos de interesse da população de Búzios que o prefeito aborda nomicro-blogging.

Tema: calçamento da rua 22.
Mirinho Braga

O site "www.destinobuzios.com.br" é mentiroso

Lendo o excelente trabalho de pesquisa feito no post "Festival de sites" da grande blogueira Márcia Bispo ("anjovadio") descobri que o site "destinobuzios" é um site mentiroso. Márcia já aponta em seu post uma das mentiras, quando diz  "que no link "Lagoas de Búzios" existe uma foto das poças que fica numa formação rochosa de mar aberto"! (a exclamação é minha). Mas tem mais. No link "Informações Diversas" o site afirma erroneamente que a nossa Lei de Uso e Ocupação do Solo (LUOS) é a Lei 002 de 2000, quando ela já foi substituída pela Lei 14 desde 2006! Mas o pior está por vir. Nesse mesmo link informa que todas as casas (100%) de Búzios recebem "água tratada" da Prolagos, estão ligados na "rede de esgoto" e têm o lixo coletado! Que beleza, somos realmente um paraíso, pelo menos na Internet. Mas  realidade apontada pelo Censo de 2010 é outra: dos 9.012 domicílios de Búzios somente 7.235 (80,28%) recebem "água tratada",  1.661 (11,77%) estão ligados à rede de esgoto e 8.873 (98,45%) têm o lixo coletado. Também não temos todas as casas com "abastecimento de energia feito pela Ampla". Dez casas ainda não são abastecidas. 

Como mentira pouca- assim como desgraça- é bobagem, tem mais. Nesse mesmo link, na maior cara de pau, se afirma que José Bonifácio (prefeito de Cabo Frio, á época) e Mirinho (discípulo de Zézinho)  participaram da luta pela emancipação de Búzios!

Grande Márcia, não é só fazer sites e largar pra lá, fazendo pouco caso com o dinheiro público. Mas também mentir, desinformar e tentar tapar o sol com a peneira. Isso é que dá optar trabalhar só com gente incompetente.

Como o portal é resultado do Projeto de Inventário da Oferta Turística realizado pelo Instituto IDEIAS, em convênio firmado com o Ministério do Turismo, para atender a destinos indutores do turismo do Estado do Rio de Janeiro (Armação dos Búzios, Petrópolis e Paraty) estou enviando este post para o Instituto IDEIAS e o Ministério do Turismo para que sejam providenciadas as correções devidas.

Recebi ontem (dia 28) o e-mail abaixo, mostrando que ainda podemos ter esperanças:

Claudio Giolito claudio@ideias.org.br para mim

Prezado Amigo Sr.Luiz

Agradecemos suacontribuição para o aperfeiçoamento das informações expostas no portal www.destinobuzios.com.br, suas observações foramprontamente aceitas e estaremos incluindo-as no portal para que sejamdisponibilizadas ao público em geral.

Cabe ressaltar quea iniciativa do inventário turístico de Búzios foi do Ministério do Turismo e aexecução dos trabalhos de pesquisa foi do IDEIAS. A prefeitura local coubeapenas a tarefa de nos fornecer informações básicas e colaborar com ospesquisadores.

A idéia do portal éde disponibilizar informações de forma constante e interativa, ele é o único dogenero que possibilita aos empreendedores locais, sem custo nenhum, acompanhar,alterar e incluir dados para manter as informações atualizadas em temporeal.

Daí, contarmossempre com a colaboração e a participação de pessoas preocupadas com a cidade eligadas aos benefícios da divulgação correta dos atrativos.

Agradecemos seu interesse
Claudio Giolito
Equipe do Portal
www.ideias.org.br   

domingo, 26 de junho de 2011

Dize-me com quem andas, Sergio Cabral

domingo, 26 de junho de 2011 | 10:21

Dois comentaristas – Eliel Salles e Eduardo Vianna – enviam à Tribuna asdenúncias do ex-governador Anthony Garotinho sobre o governo Cabral, que seguemabaixo.
“Vamos começar pelos personagens quecercam Sérgio Cabral, os “generais” que comandam a pilhagem dos recursospúblicos, que estão saqueando a população do Rio de Janeiro, através de farsas,negociatas, maracutaias e tramas nos bastidores. É a turma dos negóciospromíscuos de Cabral. Vocês vão ver que por muito menos Collor e José RobertoArruda (Distrito Federal) sofreram o impeachment. Preparem-se!
OS NEGÓCIOS EM FAMÍLIA

Adriana Ancelmo Cabral – a esposa de Cabral
O escritório de advogacia, do qual é sócia majoritária, tem como clientes,empresas concessionárias de serviços públicos estaduais e outras que têmcontratos de prestação de serviços com o Estado. O Metrô e a Supervia, apesardos caóticos serviços prestados, conseguiram por intermédio de Adriana, que omarido, Cabral, renovasse por mais 30 anos os contratos de concessão. A esposade Cabral também advoga para o Grupo Facility, do “Rei Arthur”, que temcontratos de mais de R$ 1,5 bilhão com o governo Cabral. A mulher de Cabralrepresenta os interesses jurídicos de várias empresas que têm contratosmilionários com o Estado e dependem de decisões do governador.
Mauricinho Cabral – o irmão de Cabral
Esse é um personagem que se move nas sombras, mas toda a mídia conhece muitobem, e protege por interesse próprio. É publicitário e não tem nenhum cargo nogoverno. Mas é ele que controla a milionária verba de publicidade e se reúnecom o pessoal dos grandes veículos de comunicação. Usa a agência FSB paradistribuir as verbas e comprar a blindagem do irmão Cabral.
O VICE QUE VIROU ALMA GÊMEA NOS NEGÓCIOS
Luiz Fernando Pezão – o vice-governador
É o homem que cuida das Obras do Estado e negocia os contratos milionários eestá sujo dos pés grandes até a cabeça, passando pelas mãos ainda maiores, quelhe rendem o apelido de “Mão Grande”. Usa seu subsecretário, Hudson Braga parafazer a ponte com as empreiteiras, menos a Delta, que é linha direta Cabral –Fernando Cavendish. Está enrolado no TCU por conta do contrato da Delta, dasobras do Arco Rodoviário. Um escândalo de superfaturamento. É o responsávelpela reforma do Maracanã e vai ter que responder por que mandou pagar R$ 8milhões à Delta antecipadamente, antes mesmo de realizar algumas intervençõesprevistas no contrato. Está metido numa negociata da desapropriação de umimóvel em Barra do Piraí, que pertencia à família de sua mulher, foi superavaliado e em seguida desapropriado por um valor muito acima do mercado.
OS AMIGOS E BRAÇOS-DIREITOS NOS NEGÓCIOS
Régis Fichtner – o secretário da Casa Civil
É um dos braços-direitos de Cabral desde que ele era deputado na Alerj.Responsável pelas negociatas de imóveis desapropriados do banqueiro DanielDantas, denunciadas pela revista Carta Capital. O banqueiro ganhou milhõesgraças à generosidade da caneta de Cabral negociada com Régis Fichtner. Acertoue foi o autor da chamada Lei Luciano Huck, que legalizou centenas de imóveis deluxo construídos em área de preservação de Angra dos Reis, beneficiando oapresentador e muita gente graúda. É o interlocutor com a Justiça e oMinistério Público.
Wilson Carlos – o secretário de Governo
Amigo de Cabral desde os tempos de estudante, é o homem que cuida dos negócioscom os políticos. É o outro braço-direito. Cuida do toma lá dá cá de Cabral.Foi flagrado em uma investigação da Polícia Federal como possuidor de contas emparaísos fiscais na China, não declaradas.
OS SECRETÁRIOS BONS DE NEGÓCIOS
Sérgio Côrtes – o secretário de Saúde
Esse é o campeão de negócios sujos. Grupo Facility, TOESA e as ambulâncias,TCI, Barrier e os remédios. Mansão, cobertura, joalheria. Luxos milionários quenão têm como ser explicados.
José Mariano Beltrame – o secretário de Segurança
Responsável pelo contrato de aluguel dos carros da PM, a negociata com aJulio Simões cujo valor pago por viatura dá para comprar duas novas por ano.Acusado por seu ex-subsecretário de fazer escutas ilegais. Numa afronta àConstituição ganha mais que ministro do STF acumulando indevidamente salário daPolícia Federal. É o responsável pela política de acordos com as milícias.Tinha como assessores de confiança um falso tenente-coronel do Exército e omiliciano Chico Bala. Abafou as investigações da corrupção na Polícia Civildescobertas pela Operação Guilhotina e com medo da ameaça de revelações dodelegado Allan Turnowski, de acusador virou sua testemunha de defesa. Turnowskisabe as relações de Beltrame com as milícias, que estão por trás da farsa dasUPPs.
Wilson Risolia – o secretário de Educação
O economista do mercado imobiliário que desde o início do ano toca os negóciosmilionários de aluguel de aparelhos de ar condicionado e outros equipamentos;além das compras superfaturadas de computadores e outros.
Julio Lopes – o secretário de Transportes
O homem que negocia com as empresas de ônibus, além do Metrô, das Barcas e daSupervia. Está por trás de toda a proteção às empresas e manda os passageirosterem paciência.
OS EMPRESÁRIOS PARCEIROS DE NEGÓCIOS
Arthur Cezar de Menezes Soares Filho
É o “Rei Arthur”, do Grupo Facility. O poderoso “Rei Arthur” viveescondido em Miami, numa mansão milionária – dizem que tem medo de ser preso noBrasil – e chegou a abrir uma filial do Porcão na cidade americana, parasatisfazer seu gosto por churrasco. Tem no governo Cabral contratos deprestação de serviços que ultrapassam R$ 1,5 bilhão, muitos sem licitação. Temfuncionários terceirizados em praticamente todas as áreas do governo Cabral,além do Ministério Público e da Polícia Federal. Cabral viaja no seu jatinho ejá se hospedou mais de uma vez na sua mansão de Miami.
Fernando Cavendish – Empreiteira Delta
Esse é o segundo mais poderoso empresário do grupo de Cabral pelo valor doscontratos, R$ 1 bilhão, grande parte sem licitação. Mas é o primeiro no coraçãode Cabral que intermediou a entrada da Delta em mais contratos milionários daprefeitura do Rio, além de outras. Está em maus lençóis depois de tudo o queestá vindo à tona, por conta do acidente de helicóptero da Bahia. Segundo arevista Veja, bate no peito pra dizer que pode comprar políticos. De pequenoempreiteiro virou o campeão de obras no Rio, sob a benção do amigo Cabral,também seu vizinho do condomínio PortoBello, como o secretário de SérgioCôrtes.
OS ALIADOS POLÍTICOS E SÓCIOS NOS NEGÓCIOS
Natalino e Jerominho – Os irmãos milicianos cassados
Um ex-deputado, o outro ex-vereador. Chefes da milícia Liga da Justiçafizeram acordo político com Cabral, que andava com eles pra cima e pra baixo eaté cantou com eles num palanque na Zona Oeste. Depois foram traídos por Cabralque não confiava neles, e que usou a milícia rival de Chico Bala, por sugestãode Beltrame para destroná-los.
Eduardo Paes – O prefeito do Rio
Afilhado político de Sérgio Cabral. Retribuiu o apoio do padrinho fraqueando oscontratos da prefeitura aos amigos de Cabral, “Rei Arthur” (Facility) eFernando Cavendish (Delta). Os dois multiplicaram por muitas vezes seusnegócios com a prefeitura de Paes.
Jorge Picciani – O presidente do PMDB
Ex-presidente da Alerj, o homem que deu sustentação política a Cabralna, durante os quatro anos que a presidiu. Barrou qualquer tentativa deinvestigação. Nos bastidores tentou de todas as formas, destruir adversários deCabral, que podiam atrapalhar os negócios. Participa ativamente do governoCabral. A secretaria de Educação é dele, e está por trás dos contratos dacompra de computadores superfaturados e de aluguel de ar de condicionado. Aempresa Investiplan, que pertence a Paulo Trindade, sócio de Picciani emnegócios de gado, detém mais de 90% dos contratos de informática do governoCabral. A Investiplan também está envolvida no Mensalão do Arruda, no DistritoFederal.
Paulo Melo – O presidente da Alerj
O presidente da Alerj era até o ano passado o líder de Cabral e quemcomandava a tropa de choque que protegia o governador. De vendedor de cocadasvirou um dos maiores milionários da Região dos Lagos, onde os contratos dogoverno Cabral passam pela sua negociação. É o campeão da multiplicação dopatrimônio pessoal entre os presidentes de assembléias legislativas do país,segundo revelou recente reportagem. Dono de inúmeros imóveis adquiriurecentemente uma fazenda milionária em Rio Bonito e é dono de hotel, emAraruama. Segundo ele, ficou rico ganhando comissões como corretor de imóveisna Região dos Lagos.
Olha, e isso é apenas um breve resumodas participações de cada personagem. Esse é o time de Cabral que comanda o marde lama no nosso Estado. Convenhamos que só pelo que mostrei aqui, e pelaspessoas envolvidas, da família e os principais cargos-chave do governo, oescândalo do impeachment de Collor e do Mensalão do Arruda, no Distrito Federalnão chegam nem perto. Ou como definiu há algum tempo o jornalista CláudioHumberto, os dois primeiros casos parecem “Sessão da Tarde” perto do queacontece nas entranhas do governo Cabral.
Com toda a sinceridade, depois de tudoo que mostrei, e após tudo o que já veio à tona desde o acidente de helicópteroda Bahia, quem não se indignar, não se levantar contra o governo mais corruptoda história do Rio de Janeiro e o governador que está assaltando os cofrespúblicos, ou está levando alguma vantagem ou é completamente alienado.
Em tempo: Depois mostrarei o segundocapítulo, detalhando os escândalos citados aqui e os valores envolvidos.
Em tempo 2: Pedimos desculpas pelademora na postagem, mas deu muito trabalho para resumir e montar. Sãoincontáveis casos de corrupção e negociatas.”
Fonte: "Tribuna da Imprensa"

Observação: em Armação dos Búzios a Facility Central de Serviços Ltda detém o contrato 05/2010 com a prefeitura para "serviço de limpeza e conservação do hospital municipal" no valor de R$ 1.459.892,48. Será que é daí que vem a amizade do governador com o prefeito?

Comentários:


Flor disse...
Quanta sacanagem!! Quem explica a impunidade?!?
As duas reportagens sobre o governo e seus tentáculos é surpreendente!
Será que ainda vamos nos surpreeender por aqui também, ainda terá coisas que não sabemos e nem de longe supomos?
Estou estarrecida!
É mais que caso de polícia, parece com a França dos Luizes..Uma pequena cúpula de favorecidos e o povo passando fome. Sera que vão reativar a guilhotina?!?
Alan do Chaparral disse...
Luiz meu querido, muito bom o seu texto como sempre, gostaria da sua permissão para reproduzi-lo no meu Blog, claro que lhe dando os devidos créditos.

Abraços,

Alan do Chaparral
Paulo Roberto disse...
O denunciante invalida a notícia. Este crápula é o que há de pior na política brasileira. Confiabilidade zero. Aprendeu com o Cezar Maia, outro igual a ele, a produzir "factoides" periodicamente.

Prefeito patronal

O governo municipal chefiado pelo senhor Delmires de Oliveira Braga, do PDT de Leonel Brizola, conduziu com mão de ferro a negociação salarial com o funcionalismo público. Fez de tudo para desqualificar a direção da ASFAB e dividir o funcionalismo usando- e como ele sabe fazer bem isso-  o secretário-sabe-tudo-faz-nada truculento e ingênuo. Brigou com unhas e dentes para não dar 1,36% a mais para os funcionários! Chegou a ter que investir contra o G5 para sair vitorioso, cooptando um de seus membros. Quanto custou essa negociação? Não tardará para sabermos. Em Búzios, tudo se sabe. A cidade é muito pequena.

Apesar de toda crise econômica de 2009 e da tão falada, nunca bem esclarecida, dívida deixada por Toninho Branco, o governo terminou 2010 (31/12) com um saldo negativo de 12 funcionários, considerando os admitidos e os desligados. Ou seja, em 2010 o governo municipal desligou apenas 12 funcionários a mais do que contratou. Muito pouco para quem dizia que não fazia nada devido à "herança maldita" do governo anterior. No final das contas, terminamos o ano de 2010 com 2.077 funcionários.

Neste ano, de janeiro a maio, as negociações correram soltas. Inúmeras reuniões e nada. O governo sempre dizia que estava no limite prudencial estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Afirmava que já comprometera mais de 50% do orçamento com a folha e não podia passar de 54%. Acontece que uma visitinha no site do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) mostra que neste ano, neste mesmo período (janeiro a maio), o governo municipal admitiu 411 funcionários e desligou 27. Ou seja, passamos a ter 384 funcionários públicos a mais. Como é que pode um prefeito, durante as negociações salariais- com o argumento de que não pode dar aumento porque está quase estourando o limite da folha- continuar contratando funcionários? É muito cinismo e descaso com os funcionários efetivos. Realmente, ele não gosta de funcionários concursados, porque independentes (a estabilidade no emprego lhes dá independência). O prefeito gosta mesmo é da sua turminha de incompetentes comissionados e incompetentes contratados porque "amigos" e bajuladores" que irão garantir sua reeleição. Resultado: terminamos o mês de maio de 2011 com 2.461 funcionários, dos quais um pouco menos de 1.000 são concursados. E um tremendo arrocho salarial, com perdas de mais de 34%.

Em tempo 1: a Internet vai varrer do mapa esses políticos mentirosos que assolam nossa Região. 

Em tempo 2: para os amigos de Cabo Frio (em especial para o professor Chicão).
No ano de 2010, o governo municipal de Cabo Frio desligou 1.177 a mais do que contratou. Terminou o ano com 8.822 funcionários públicos. Neste ano de 2011, até maio, não contratou nem demitiu ninguém.

Fonte: http://perfildomunicipio.caged.gov.br/seleciona_uf_consulta.asp?uf=pi

Comentários:

Flor disse...
Funcionarios contratados: melhor passar fome do que estar ligado a esse governo
Saiam enquanto há tempo. Não percam a dignidade.
Ninguem vai acreditar que vcs não sabiam de nada.
Bem, a gente tenta, obedece quem tem juizo.

sábado, 25 de junho de 2011

Corregedoria do CNJ anula sentenças de juiz de Búzios

Publicada em 22/06/2011 às 23h48m
RonaldoBraga (ronaldo@oglobo.com.br)

RIO - Depois de quase um ano investigando uma série de processos, a Corregedoria Nacional de Justiça, do Conselho Nacional deJustiça (CNJ), determinou o bloqueio de vários registros de imóveis do Estado do Rio, principalmente na Região dos Lagos, considerados irregulares e que tinham sido autorizados pelo juiz João Carlos de Sousa Correia, titular da 1ªVara de Búzios. O relatório final sobre as investigações, elaborado pelo juiz auxiliar da corregedoria, Ricardo Chimenti, já está pronto e será divulgado em sessão plenária do CNJ, em Brasília, em agosto, quando então se tornará público.
Segundo o Tribunal de Justiça do Rio, no relatório constará a conclusão a que a corregedoria chegou a respeito de 17 processos analisados. O documento dirá, por exemplo, se há irregularidade ou não, quem foi lesado e se cabe indenização. Ainda de acordo com o TJ, o juiz João Carlos ainda pode recorrer da decisão da corregedoria.

Decisões polêmicas chamaram a atenção

As investigações foram feitas sob sigilo. Elas começaram a ser realizadas depois de uma série de decisões polêmicas tomadas em processos sobre disputas fundiárias em Búzios. Na mira da corregedoria do CNJ estava o juiz João Carlos. Magistrados do órgão estiveram na cidade, acompanhados de outros dois da Corregedoria do TJ do Rio. Lá, recolheram peças de 17 processos para análise.
Funcionários da 1ª Vara de Búzios informaram que o juiz João Carlos não falaria com a imprensa sobre o caso.
O magistrado já foi alvo também de duas denúncias- feitas por pessoas que se sentiram prejudicadas por suas decisões- por conduta indevida. Num dos casos, por supostamente favorecer um advogado que alega ser o dono de uma área de mais de cinco milhões de metros quadrados em Tucuns, uma das regiões mais nobres de Búzios. Além disso, há uma exceção de suspeição (alegação de parcialidade do juiz) num outro processo e que foi acolhida pela 1ª Câmara Cível do TJ. O órgão reconheceu o interesse do magistrado numa decisão proferida a favor de um empreendimento imobiliário em área de proteção ambiental, também em Tucuns.
O juiz João Carlos já foi acusado de envolvimento em outras confusões. Em fevereiro deste ano, a Corregedoria do TJ investigou, sigilosamente, uma denúncia de que o magistrado teria desacatado em Búzios dois turistas, que estavam hospedados no Hotel Atlântico. O casal, um francês e uma alemã, reclamou do barulho de uma festa promovida pelo juiz, até de madrugada, num dos quartos do hotel.
Já em fevereiro do ano passado, ao ser parado numa blitz na Lagoa, o juiz deu voz de prisão a uma agente da Operação Lei Seca . O magistrado dirigia um Land Rover sem placa, com prazo de emplacamento vencido, e estava sem a carteira de habilitação- que alegou ter esquecido na bolsa da mulher. O carro foi rebocado e o juiz, multado por dirigir sem carteira.
Outro problema ocorreu em julho de 2009, quando o magistrado teria discutido com um policial rodoviário federal, em Rio Bonito . João Carlos foi abordado por estar com um giroflex (luz giratória) azul no teto do carro. A legislação de trânsito proíbe o dispositivo. Acusado pelo juiz de desacato e exposição a perigo, o agente respondeu a uma sindicância, que foi arquivada.

Ver:: "oglobo"


Comentários:

Flor disse... 
O que falar?!?
Todo mundo já está farto destahistória.
Não fosse o amargo gosto do tempoe dinheiro perdidos, mais de dez anos, haveria o sabor da batalha vencida.
Refiro-me especificamente ao casode Tucuns.
Pegunto aos puxa-sacos sobre afrase "transitou em julgado". Gente! Mentira não transita em julgado!
Que aprendam com leigos epersistentes defensores da verdade que não é necessário ser muito esperto parareconhecer sacanagem.
E aos que falaram ...justiça éassim no Brasil..., acho bom refazerem seus conceitos.
E para os que disseram queestudaram os processos (em um dia), perderam a chance de ter aprendido algumacoisa.
Congratulações aos"companheiros" que insistiram com o CNJ. Que não desistiram aoprimeiro não.
Obrigada pessoal!

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Você sabe a nota da escola de seu filho?

Excelente a idéia do vereador Felipe Lopes de criar uma Lei para tornar obrigatória a exposição da nota no IDEB das escolas municipais de Búzios na entrada principal de cada uma delas. Não só a nota, mas também a meta estabelecida para a próxima prova (final deste ano). O objetivo é mostrar a realidade atual de cada escola e comprometer toda comunidade escolar (pais, professores, diretores, funcionários e alunos) na melhoria da qualidade da educação em nosso município. A meta do Ministério da Educação (MEC) é atingir a nota 6,0- nota mínima dos países desenvolvidos- em 2022.

Como só faltam 11 anos para chegarmos a 2022, precisamos nos unir em um projeto tipo "todos juntos pela educação". Como forma de contribuição, este blog, da mesma forma que já fez inúmeras vezes, publica, respectivamente,  as notas de cada escola de Búzios em 2009, entre parenteses as notas de 2005 e 2007 e, finalmente, a  meta estabelecida para 2011.

Notas das escolas do 1º segmento (anos iniciais: 1ª à 5ª série):

1º ) E.M. Vereador Antonio Alipio = 5,0  (4,6 em 2005; 4,6 em 2007) Meta (2011) = 5,4

2º) E.E.M. Profª Maria Rita = 4,8  (3,2 em 2005; 4,4 em 2007) Meta (2011) = 4,0 

     E.E.M. José Bento = 4,8 (4,2 em 2005; 4,5 em 2007) Meta (2011) = 5,0 

4º) E.M. José Pereira = 4,5 (4,2 em 2005; 4,0 em 2007) Meta (2011) = 5,0

5º) E.M. Vereador Emigdio = 4,4 (3,7 em 2005; 3,8 em 2007) Meta (2011) = 4,5

6º) E.E.M. Profª Eulina = 4,3 (- em 2005; 4,2 em 2007) Meta (2011) = 4,8

     E.M. Manoel Antonio = 4,3 (3,6 em 2005; 3,9 em 2007) Meta (2011) = 4,4

7º) E.M. Profª Lydia Sherman = 3,4 (- em 2005; 4,3 em 2007) Meta (2011) = 4,9

Notas das escolas do 2º segmento (anos finais: 6ª à 9ª séries): 

1º) E.M. Nicomedes = 3,5 (3,6 em 2005; 3,6 em 2007) Meta (2011) = 4,1

     E.M. Profª Ciléia = 3,5 (3,2 em 2005; 3,4 em 2007) Meta (2011) = 3,6 

     E.M. Profº Darcy Ribeiro = 3,5 (2,6 em 2005; 3,8 em 2007) Meta (2011) = 3,5 

Pela quantidade de notas vermelhas podemos dizer que os prefeitos Mirinho e Toninho estão reprovados, pelo menos na avaliação do ensino ministrado em suas administrações. Elas, as notas vermelhas, são a prova inconteste de que o prefeito Mirinho mentia quando dizia que existia (e existe) educação de qualidade em suas administrações anteriores (e atual). Como Mirinho governou de 1997 a 2004, podemos dizer que as notas de 2005- primeiro ano de avaliação- são suas. Consequentemente as notas de 2007 e 2009 referem-se à administração anterior de Toninho. Se as compararmos, podemos afirmar, com certeza, que a educação no governo Toninho, apesar de também reprovável,  foi melhor do que a dos governos anteriores de Mirinho. A prova deste ano (2011) avaliará mais uma vez o ensino ministrado na gestão Mirinho. Será o grande tira-teima para sabermos definitivamente quem é o pior.

Parabéns vereador. Se não fosse pedir muito o senhor também poderia lutar para que o Plano Municipal da Educação (PME) fosse colocado em prática. É Lei, votada inclusive pelo senhor. Está lá no PME, entre outras coisas, que os diretores das escolas devem ser eleitos pela comunidade escolar. Isso contribuiria para melhorar a educação em Búzios. Estudos do MEC provam isso.

Ver: "Iniciativa Popular Búzios"


Comentários:

Flor disse...
Luiz, vc é o grão de areia que fica atrapalhando no sapato...kkkk...Como incomoda!!!! e pressiona daqui e dali, será que estão sabendo do blog???
Ninguem se defende!?
Mas não é novidade nenhuma a péssima administração, entre 136 votos, 124 acharam ruim ou péssima essa administração, é só dar uma olhada no site da Ativa.
Quanto à lei, vão falar que não foi regulamentada... é a desculpa de sempre..

Número de mortes causadas pela dengue já chega a 101 em todo o Estado

Rio - O número de casos de dengue em todo o Estado já chega a 139.286, de acordo com boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde nesta quarta-feira. O número de vítimas fatais subiu para 101, entre os dias 02 de janeiro e 18 de junho.

A Superintendência de Vigilância Ambiental e Epidemiológica volta a observar que permanece a tendência de queda no total de casos notificados. Em janeiro, foram notificados 5.685 casos; em fevereiro 17.525; em março 32.203; em abril 50.848, em maio 30.668 e em junho 2.357.

Os casos de óbito foram confirmados nos municípios de Nova Iguaçu (8), Duque de Caxias (9), Magé (2), Cabo Frio (1), São Gonçalo (9), Maricá (2), Mesquita (2), Rio de Janeiro (33), São João do Meriti (5), São José do Vale do Rio Preto (1), Bom Jesus de Itabapoana (1), Itaocara (2), Itaperuna (1), Rio das Ostras (3), Barra Mansa (3), Belford Roxo (2), Campos dos Goytacazes (3), Angra dos Reis (3), Japeri (1), Paraíba do Sul (1), Itaboraí (1), São Pedro da Aldeia (1), Valença (2), Casemiro de Abreu (1), Italva (1), Pinheiral (1) e Volta Redonda (2).

Até o momento, os municípios de Iguaba Grande, Angra dos Reis, Volta Redonda, Campos dos Goytacazes, Armação de Búzios, Saquarema, Itatiaia, Pinheiral, Resende e Valença encontram-se em situação de epidemia.
Já Bom Jesus de Itabapoana, Vassouras, Guapimirim, Santo Antonio de Pádua, Cantagalo, Quissamã, Mangaratiba, Seropédica, Magé, Cordeiro, Silva Jardim, Cabo Frio, Macuco, Rio das Ostras, Mendes, Cambuci e Mesquita saíram desta situação.

Fonte:  ”o dia”

Ver: "Iniciativa Popular Búzios"

No Facebook:



    • José Mathiel será q otoridades já sabem se o mosquito transmissor da denngue é municipal, estadual ou federal?...ou ele é flex?
      há 6 horas ·

Bafo de boca



            Hoje em dia se diz que é “papofurado”. Na época da turma que vem se apresentando como “salvadores da pátria”de Cabo Frio e Búzios, os atuais Sassá Mutema, se dizia que era “bafo de boca”.

            Em Búzios um prefeito faz o papel decaseiro, pagando para o ser, o dono do troço do qual deveria cuidar reclamandoque não paga há quatro meses. Lá também se apresentaram uns Sassá Mutema que dizemque seu projeto de uma marina tomou como referência Port Grimaud, França. Oproblema é que Port Grimaud não flutua no esgoto desde que foi criada na décadade 1960. A coisa lá é outra, paga-se para visitar, inclusive para entrar numaigreja, e cães ferozes patrulham o lugar.

            Em Cabo frio, o que provavelmente éo maior conto do vigário na Região dos Lagos, um projeto surgiu do nada, semconhecimento dos proprietários de hotéis que se anunciou que seriamconstruídos. Para dar um toque especial à idiotice incluíram dois campos depolo que ocupariam uma área equivalente a dezesseis campos de futebol. Issonuma APA, os Sassá Mutema jurando de pés juntos que iriam preservar a vegetação.Ou seja, os jogadores montariam cavalos alados.

            Também em Cabo Frio o proponente deum shopping apresentou os cálculos para o estacionamento ao longo de uma ruaque fica submersa em mais de um palmo de água toda vez que chove, “criaturas”boiando pelas imediações, consequência da implantação de um sistema de coletade esgoto que seu idealizador declarou ser um exemplo para as cidadesbrasileiras. Imagine-se o tamanho da encrenca se o sujeito se tornasse ministroe tivesse o poder de espalhar o que resultou de uma revolução intestinal.

            Para fechar com chave de ouro,anunciou-se o projeto de um complexo de prédios residenciais, cada unidadecustando em torno de R$170 mil. Seriam adquiridas por residentes de uma cidade,Cabo Frio, onde 96.704, 52% do total de 186.220, ganharam menos de um saláriomínimo em 2010. Em 2000 eram 55.423, 44% do total de 126.830. O lugar ficoumais pobre, o que o proponente ignorou ou não se deu ao trabalho de verificar.

            Os desenhos dos projetos, pelomenos, podem ter uma utilidade: fazerem parte de um livreto de figuras paraserem coloridas.

Ernesto Lindgren

Ver: "Iniciativa Popular Búzios"

Comentários:


Flor disse...
Que texto!!!
Estou perplexa!
Embora eu não goste de humor negro, porque me deixa deprimida, está muito real. Escandalosamente real!!!
É tudo tão repetitivo, tão óbvio.
Falta o que para acabar com isso?
Gente reajam!